Quem trabalhou para produzir o suco de laranja?

Publicado por Lidia Massari em 14 de abril de 2023

Ao abrir aquela caixinha ou romper o lacre da garrafa, você considera quem trabalhou para produzir o suco de laranja? Como será que os processos se desenrolam?

Na teoria, poderíamos dizer que existe pouco segredo, pois tudo começa com os plantios saudáveis, né? Porém, conforme as cadeias produtivas evoluem, mais complexas se tornam, especialmente nos detalhes técnicos e profissionais envolvidos.

Para desmistificar a produção do nosso querido suco de laranja, desenvolvi um conteúdo carregado de dicas. Acompanhe para saber tudo sobre o tema!

Quem trabalhou para produzir o suco de laranja: conheça o processo em detalhes

A vida da gente passa tão rápido e os dias são tão corridos, que mal consideramos o que nos cerca. O automatismo diário nos coloca num estado de inércia, onde deixamos de pensar e simplesmente executamos aquilo que nos cabe.

Obviamente que conhecer a forma como o suco de laranja é produzido, não muda em nada o nosso consumo, concorda? Entretanto, conhecer qual profissional que trabalha na produção do suco de laranja, nos ajuda a valorizar essa importante indústria.

O curioso é que diferentemente de outros produtos, a exemplo de quem produz o chocolate, a laranja vai na contramão. Em outras palavras, o processo tende a ser automatizado, por inúmeras razões, como a busca pela alta produtividade.

Por conseguinte, os procedimentos atrelados ao momento do plantio e ao estourar do lacre, normalmente são mecanizados. Vale ressaltar que isso não dilui a relevância de quem executa as ações, mas é bom ter essa consciência, né?

1. A história de sucesso depende de uma colheita bem processada

Falar em suco de laranja, instintivamente cria uma associação aos sucos para vender em garrafinhas, pois são os mais procurados. Mas mal sabem as pessoas, que tudo começa no momento do plantio e da colheita bem-sucedida.

Grandes indústrias têm os recursos para investir em equipamentos e máquinas especializadas, de modo a aprimorar seus processos produtivos.

Em contrapartida, produtores menores, geralmente associados aos sucos naturais frescos, não dispõem do capital para tanto. Logo, todo o procedimento de plantio e colheita é feito manualmente.

Nesse sentido, depois que as laranjas são colhidas, é hora de os profissionais entrarem em cena para selecionar as melhores.

2. A etapa de seleção das laranjas garante toda a qualidade que apreciamos

quem trabalhou para produzir o suco de laranja

O resultado do produto final depende exclusivamente do momento da seleção das laranjas consideradas dentro do padrão qualitativo. Já imaginou investir numa máquina de suco de laranja, mas o fornecedor não garantir qualidade?

Assim sendo, depois de o processo de colheita ter sido realizado, a fruta passa por uma rigorosa inspeção. Novamente, dependendo do porte da indústria, esse processo pode ser manual ou automatizado.

Há quem diga que a manutenção da qualidade depende puramente do olhar experiente do profissional ultra qualificado no setor. Por outro lado, quem visa estimular uma produtividade “ponta de linha”, acaba investindo em tecnologia.

Seleção manual

  1. As laranjas são colocadas em esteiras automatizadas a fim de flexibilizar o trabalho manual do profissional.
  2. Nesse momento, entra em vigor a avaliação de uma gama de critérios pré-estabelecidos pela indústria.
  3. Dessa forma, o profissional avalia aparência, tamanho, firmeza da fruta, textura geral, cor e, sobretudo, maturidade da laranja.
  4. Encontradas inconsistências, como rachaduras, manchas ou sinal de apodrecimento, separa-se a fruta.
  5. Quanto às demais, elas seguem para o próximo passo.

“Quer dizer que há desperdício das laranjas consideradas inadequadas?”. De forma alguma, a empresa destina as frutas para outros fins igualmente lucrativos e de reaproveitamento.

Destaco a comercialização da polpa da fruta, fornecimento para marcas de produtos de limpeza e na alimentação de animais.

Seleção automatizada

No processo de seleção feito através do amparo tecnológico, existem diferentes equipamentos que proporcionam mais celeridade. As esteiras são mais modernas e melhor equipadas, além das câmaras de seleção ultra tecnológicas.

Além do mais, os sensores e leitores ópticos trabalham incessantemente na identificação das frutas que fogem do “padrão”. Até mesmo o descarte não apresenta intervenção humana, dá para acreditar?

3. O processo de lavagem garante máxima qualidade do produto final

O tempo em que as pessoas ficavam limpando laranja por laranja ficou no passado, supostamente você sabe disso, né? Atualmente, por mais básica que uma indústria de suco de laranja seja, ela conta com alguns equipamentos, como:

  • Mecanismos de lavagem com água potável
  • Escovas rotativas especializadas
  • Algumas optam pelo jato de água de alta pressão

Esse processo visa a completa remoção de quaisquer resíduos acumulados de agrotóxicos, poeiras, sujeiras e potenciais impurezas. Depois disso, as frutas passam pela rápida etapa de secagem.

Nesse contexto, a indústria pode executar o procedimento usando ar quente ou investir em centrífugas. Tudo para que não haja proliferação bacteriana no produto devido à umidade!

4. Entenda como é feita a extração e a filtragem do suco das laranjas

Devidamente limpas e higienizadas, destina-se as laranjas à etapa de extração. É aqui onde a mágica acontece e as pessoas podem finalmente sonhar em montar uma loja de sucos.

A extração do suco acontece depois que a fruta é cortada. Por conseguinte, são prensadas para que o aproveitamento seja máximo. Vale dizer que o processo pode ser feito através de prensagem manual ou mecânica.

Via de regra, a maioria das indústrias faz aquele esforço para investir em equipamentos mecânicos. Afinal, é crucial extrair até a última gota, e a técnica manual pode deixar a desejar.

Na sequência, filtra-se o suco algumas vezes de modo a reduzir a quantidade de resquícios após a extração. Afinal, ninguém gosta de bagaço e sementes de laranja, não é verdade?

5. Você já ouviu falar das etapas de pasteurização e concentração do suco?

Devido aos avanços tecnológicos nas etapas da cadeia produtiva, hoje encontramos produtos não-pasteurizados, mas é fundamental comprar de empresas confiáveis. Sabe por que?

Após ser aquecido a altas temperaturas, submete-se o suco a um choque térmico para eliminar bactérias. Aliás, o método também é usado na produção do leite e em outros produtos.

Um outro objetivo da pasteurização é prolongar a vida útil do suco, impedindo e retardando a sua degradação. Agora, a mais controversa das etapas relacionadas a quem trabalhou para produzir o suco de laranja, é a concentração.

Na prática, a indústria faz a diluição do suco concentrado, reduzindo o volume natural da fruta. Aqui também entra o restante dos componentes, como:

  • Estabilizantes
  • Ácido cítrico
  • Enzimas
  • Conservantes
  • Antioxidantes

Cada um desempenha uma função crucial na preservação da qualidade do produto. O ácido cítrico mesmo, é responsável por equilibrar e contrabalancear o sabor ácido da fruta. Já os conservantes e antioxidantes, ampliam a proteção e validade.

Sendo assim, ao criar a sua propaganda de suco natural, cuidado para não expor informações equivocadas. Afinal de contas, no rótulo das embalagens vem destacada a porcentagem total de suco natural usado na receita, tudo bem?

6. Embalagem e distribuição finalizam a jornada de quem trabalhou para produzir o suco de laranja

Chegando ao fim da esteira produtiva, temos a finalização do suco de laranja. Estou falando do processo de embalamento e distribuição, posteriormente vem a comercialização.

Vale ressaltar que a embalagem do produto pode variar de acordo com a indústria. Isso porque falamos de maquinários específicos, embalagens, rotulagem e mecanismos automáticos ou manuais de organização.

Por conseguinte, embala-se o suco e a logística leva até o consumidor intermediário ou final.

Não preciso nem dizer que dentre as etapas apresentadas acima, existem aqueles profissionais “invisíveis”, né? Isso porque podem haver pequenos produtores, pessoas terceirizadas e demandas logísticas.

Quem trabalhou para produzir o suco de laranja faz parte de um mercado extraordinário

Não sei você, mas mesmo já sabendo quem trabalhou para produzir o suco de laranja, até hoje me espanto. É uma produção repleta de detalhes, mas que nos proporciona um dos sabores mais fantásticos que a natureza oferece.

Assumindo que o brasileiro consuma cerca de 30lts de suco de laranja por ano, haja produção para suprir a demanda. Para você que faz suco detox para vender, olha que oportunidade bacana para incluir um novo e rentável produto, certo?

Espero muito que tenha gostado das minhas dicas. Que as informações de hoje tragam luz à sua vontade de ingressar em um novo mercado. Quando você tem um bom planejamento e um produto de qualidade, não há obstáculos impossíveis. Até a próxima!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Lidia Massari
Graduação em Publicidade e Propaganda, com oito anos de especialização em Marketing de Conteúdo, Inbound e SEO. Sou entusiasta de tecnologia, inovação, fascinada pela robótica e filmes de ficção científica. Sou curiosa e adoro aprender coisas novas.

Deixe o primeiro comentário