Concorrentes da Ambev: Quais os maiores no Brasil?

Publicado por Lidia Massari em 10 de junho de 2023

Você é uma daquelas pessoas que têm a marca de cerveja favorita e não troca por nada? Então, é interessante conhecer as concorrentes da Ambev e suas curiosidades.

Não acontecem tantas aquisições na indústria cervejeira como a maioria pensa. Na realidade, são as pequenas fusões e o englobamento de marcas que deixam esse mercado em constante transformação. E quando falamos em Ambev, isso é ainda maior.

Venha conferir qual é a concorrência que a Ambev enfrenta hoje, seus desafios e como o segmento se reinventa. Para quem gosta do assunto, está imperdível, vamos?

Concorrentes da Ambev: quais os maiores rivais no Brasil?

concorrentes da Ambev

Por acaso você é uma das muitas pessoas que se perguntam se a Ambev comprou a Heineken? A razão de eu perguntar isso logo de cara, é porque a Heineken é a maior concorrente da Ambev atualmente.

Na verdade, as duas lideram esse mercado bilionário que só cresce a cada ano. Apenas para você entender, essa realidade é quase como o cenário da concorrência entre Coca-Cola e Pepsi. Claro, falando no contexto de bebidas alcoólicas, certo?

Além da Heineken, eu consigo lembrar do Grupo Petrópolis, que também está no páreo para liderar seu segmento. Acontece que cada um destes grupos detém praticamente todos os rótulos que encontramos nos supermercados.

E olha que estou falando das cervejas tradicionais, mas também de cervejas artesanais e especiais. Por exemplo, recentemente a Heineken agregou a marca norte-americana Lagunitas ao seu portfólio. Além da Blue Moon, que também é americana.

Enquanto isso, a Ambev focou mais no mercado brasileiro, onde englobou a famosa Cervejaria Colorado e a representante mineira Wäls. Portanto, os maiores concorrentes da Ambev são:

  • Grupo Heineken Brasil e seus inúmeros rótulos
  • Grupo Petrópolis com uma presença interessante no mercado

Vale ressaltar, que a Heineken é a concorrência direta, não há outra em proporção de pé de igualdade à Ambev.

Como a Heineken Brasil oferece concorrência acirrada para a Ambev?

Agora você sabe que a Heineken é uma das cervejarias concorrentes da Ambev, mas como isso aconteceu? Por exemplo, a Heineken saiu lá da Holanda do nada e chegou com tudo?

Sim e não, pois nesse segmento de fornecedores de cerveja, tudo muda rapidamente. Primeiro, o grande passo rumo a se tornar um dos maiores players no mercado brasileiro, foi dado ainda em 2010.

Na ocasião, a Heineken adquiriu a divisão de cervejas da cervejaria mexicana FEMSA, que já operava no mercado brasileiro. Somado a isso, a Heineken fez um aporte gigantesco aqui no Brasil e, como diz o ditado, “chegou, chegando”.

Todavia, ainda faltava alguma coisa para ganhar a preferência dos consumidores, e é aí que entra a Brasil Kirin.

O que levou o Grupo Heineken a encostar na competitividade com a Ambev?

Talvez agora você esteja se perguntando: “mas e quanto à Brasil Kirin, não era um grupo de cervejas?”. Sim, a Brasil Kirin surgiu em 2011, após fusão da antiga Schincariol com a Kirin Holdings Company, empresa japonesa. Por conseguinte, a Brasil Kirin tinha alguns rótulos relevantes em seu portfólio, como:

  • Baden Baden
  • Eisenbahn
  • Devassa
  • Cintra
  • Schin
  • Glacial
  • Kirin Ichiban (originalmente uma cerveja japonesa)

Contudo, a forte crise no país levou o grupo a anunciar o encerramento das atividades em solo brasileiro. A partir daí, a Heineken, que não é tonta nem nada, foi em busca de comprar a Brasil Kirin.

Nesse contexto, em fevereiro de 2017, a Brasil Kirin foi comprada pela Heineken e, todo o seu portfólio, “virou Heineken”. Essa foi uma jogada estratégica, pois garantiu mais um degrau como uma das maiores concorrentes da Ambev.

O grupo Petrópolis também entra em cena como player no mercado?

Sim, e quem pensa que o grupo Petrópolis fica de fora, está redondamente enganado. Você já ouviu falar de uma cerveja alemã chamada Weltenburger Kloster Anno 1050? Não? Então, na primeira oportunidade, experimente, é sensacional.

Voltando ao foco, essa é simplesmente a cerveja de mosteiro mais antiga do mundo, e foi criada em 1050. Estou falando de uma cerveja produzida há mais de 970 anos, mas por que estou falando nisso?

Porque o Grupo Petrópolis é o único lugar no mundo fora da Alemanha a produzir esse “néctar dos deuses” [risos].

Naturalmente, isso demonstra que o Grupo Petrópolis tem capacidade e qualidade de sobra para se tornar concorrente da Ambev. Além desse rótulo, atualmente o grupo conta com outros nomes, como:

  1. Itaipava
  2. Crystal Beer
  3. Lokal Bier
  4. Black Princess
  5. Cerveja Petra
  6. Weltenburger Kloster Anno 1050
  7. Brassaria Ampolis
  8. Cabaré Cerveja Puro Malte

Portanto, a empresa detém uma fatia generosa do mercado, visto que o rótulo Itaipava apresenta um volume de vendas elevado.

CURIOSIDADE EXTRA: você sabe de quem é a Startup Zé Delivery?

A marca Zé Delivery é uma startup especializada na entrega de bebidas em geral. E, acredite se quiser, a startup pertence à Ambev, que viu a oportunidade de atender uma demanda crescente do mercado.

Afinal, quem não gosta de receber cerveja gelada em casa, sem precisar se deslocar e pagando preços justos, né? Esse é o lema do serviço que mostra como os concorrentes da Ambev precisam se antecipar para continuar

É verdade que Coca-Cola Brasil e PepsiCo Brasil também são concorrentes da Ambev?

Sim, na realidade a Coca-Cola e a PepsiCo, dona da Pepsi, são concorrentes da Ambev de certa forma. Obviamente que não estou falando do segmento de cervejas, mas sim de produtos específicos, como:

  • Refrigerante
  • Água mineral
  • Suco
  • Chá
  • Energético

Aqui nós já entramos num outro segmento de mercado. Porém, empresas de calibre como a Ambev estão presentes em praticamente todo tipo de vertente!

As concorrentes da Ambev só fortalecem um mercado de grande oferta de marcas

Pode falar a verdade, você não tinha ideia que as concorrentes da Ambev eram tantas e em diferentes segmentos, né? E digo mais, daqui para frente você terá um olho mais cirúrgico para identificar quem produz o quê.

Afinal de contas, cada empresa tem um jeito especial de deixar aquela cerveja que amamos do jeito certo, concorda?

Espero muito que tenha gostado das minhas dicas, não esqueça de compartilhar com os amigos que sempre discutem sobre isso. Até a próxima!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Lidia Massari
Graduação em Publicidade e Propaganda, com oito anos de especialização em Marketing de Conteúdo, Inbound e SEO. Sou entusiasta de tecnologia, inovação, fascinada pela robótica e filmes de ficção científica. Sou curiosa e adoro aprender coisas novas.

Deixe o primeiro comentário