6 produtos derivados do cacau

Existem vários produtos derivados do cacau no mercado. O mais famoso deles é o chocolate, porém existem diversos outros que poucas pessoas conhecem, como é o caso do nibs de cacau, por exemplo.

Além de falar um pouco sobre o cacau e seus derivados, vou falar das suas propriedades, te mostrar de que forma eles podem ser usados, como são extraídos e como se comporta o mercado do cacau atualmente no nosso país.

Então fique comigo até o final e conhecer mais sobre os derivados do cacau que estão por todos os lados:

produtos derivados do cacau

1. Mel do cacau


Esse é um dos produtos derivados do cacau que vem sendo mais abraçado para produção de drinks ao redor de todo o mundo, por ser completamente natural e ser muito doce.

Tem muita gente por aí que utiliza uma prensa fria para extrair o mel desse fruto, mas é possível fazer isso apenas com um balde, uma grade de inox e um pouquinho de paciência. 

Veja abaixo como ocorre a sua produção de forma manual e econômica:

  • Você precisará primeiramente colher o cacau no pé;
  • Lave e separe de acordo com sua integridade;
  • Corte as extremidades (superior e inferior) com auxílio de um facão;
  • Faça um corte vertical na lateral direita e esquerda para que o fruto se abra;
  • Sem tocar nas sementes, despeje-as em um recipiente;
  • Após fazer isso com todos os frutos é preciso colocar uma grade de inox redonda com três pés no fundo de um balde;
  • É importante instalar uma torneira na parte inferior do balde (em direção à área que fica abaixo da grade);
  • Depois de instalar, basta colocar todas as sementes no balde e aguardar de uma a duas horas para que o mel escorra pelos orifícios da grade até a parte inferior;
  • Após esse período pegue uma jarra ou qualquer outro recipiente e posicione abaixo da torneira;
  • Abra a torneira e colete todo o mel produzido.

Por ser extremamente perecível é preciso engarrafar e congelar para ser comercializado para locais mais distantes. Além da doçura desse mel, é possível encontrar uma acidez discreta que garante uma refrescância incomparável.

2. Polpa de cacau


Outro processo que pode ser feito com o cacau é a retirada da sua polpa, que é muito utilizada para o preparo de sucos e de drinks também.

A coleta da polpa pode ocorrer depois da extração do mel ou após a colheita e seleção dos frutos, depende do seu objetivo.

É importante se atentar para a etapa de seleção, pois alguns aspectos devem ser avaliados para exclusão dos frutos inapropriados para consumo, como a presença de pragas. 

Veja os dois exemplos mais comuns de contaminação que inviabilizam o uso do fruto:

  • Podridão parda: Geralmente a parte externa já apresenta colorações mais escuras e a confirmação vem do cheiro característico que exala ao abrir o fruto;
  • Vassoura de bruxa: Alteração visual das características externas e internas e características organolépticas.

Cuidado para não confundir as alterações da casca com o ataque dos insetos tripes, porque apesar deles alterarem visualmente o fruto, as características organolépticas e propriedades naturais não são afetadas, portanto o cacau pode ser usado normalmente.

Depois da seleção ou da coleta do mel é hora de fazer a extração da polpa do cacau que ocorre com o auxílio de uma despolpadeira. Essa máquina funciona separando todas as sementes da polpa, sem danificar nenhuma das duas partes. 

3. Nibs de cacau


O cacau e seus derivados vêm sendo cada vez mais consumidos pela quantidade de benefícios que trazem para o nosso organismo, como: 

  • Relaxante muscular, auxílio na produção de proteínas e transporte de energia que ocorre pelo alto índice de magnésio;
  • Dilatação dos vasos promovendo uma redução no risco de doenças cardíacas que ocorre pela presença de flavonoides em sua composição;
  • Atua protegendo o DNA e reduzindo as chances do envelhecimento precoce pela ação antioxidante;
  • Melhora o humor, o bem estar e o emocional pela presença de endorfinas.

O nibs é uma parte do cacau que tem muitas dessas propriedades ativas e por isso vem sendo muito consumido. A sua extração ocorre através de um processo completamente manual e bem demorado, observe as etapas abaixo:

  • Extraia a amêndoa do cacau em um recipiente;
  • Mexa e desgrude os grumos, deixando as sementes separadas;
  • Reserve em um recipiente fechado por dois dias sem mexer para fermentar;
  • Passado esse tempo, reserve durante cinco dias, porém abrindo o recipiente diariamente e misturando por uns cinco minutos;
  • Ao fim do sétimo dia, coloque tudo em uma assadeira ou qualquer outro recipiente que permita que as sementes fiquem bem separadas;
  • Exponha ao sol pelo tempo que precisar até secar;
  • Quando estiver completamente seco leve ao forno a 180º de 30 a 50 minutos;
  • Retire e espere esfriar;
  • Em seguida aperte para a casca sair e coloque o nibs em um recipiente separado.

4. Chocolate


O chocolate é o derivado clássico do cacau e é mais simples de ser feito do que aparenta. A partir do nibs de cacau é feita uma moagem. Como ele ainda possui 50% de gordura na sua composição, esse processo vai originar uma pasta, ao invés de um pó. 

Essa pasta é chamada de massa de cacau, que é o famoso cacau 100%. Para produzir um chocolate 70% serão utilizados 30% de açúcar e o restante dessa massa de cacau aí, o cálculo é sempre o mesmo. Fantástico né? 

5. Manteiga de cacau


A manteiga de cacau pode ser usada para diferentes fins, seja para produzir um chocolate delicioso ou para produzir cosméticos, como aquele batom que hidrata nossos lábios quando estão rachadinhos.

A produção da manteiga de cacau ocorre a partir do nibs, ou seja, depois de passar por todas as fases de fermentação, ressecamento, o nibs é direcionado para uma fase de prensagem que ocorre em uma extrusora que irá pressionar a semente e retirar todo o óleo presente nela.  

Depois de conseguir o caldo ele deve passar pelo processo de filtração para retirada de impurezas.

As propriedades da manteiga de cacau são impressionantes e atuam em diversos processos do corpo humano, veja:

  • Antioxidante;
  • Anti-inflamatória;
  • Hidratante;
  • Emoliente;
  • Cicatrizante.

6. Cacau em pó


O cacau em pó é um ingrediente frequente no universo fitness e de confeitaria, já que é menos calórico do que o achocolatado comum e mais amargo, permitindo que muitas receitas sejam inovadas e elevadas.

A produção deste tão amado item é muito simples e parece bastante com o da massa de cacau, a única diferença está no primeiro passo desse processo, veja:

  • Retire a manteiga de cacau do nibs;
  • Coloque o nibs de cacau sem a porcentagem de gordura no liquidificador;
  • Bata até ficar completamente granulado;
  • Peneire até ficar bem fininho;
  • Repita o processo mais de uma vez se for necessário.

Conheça o mercado de cacau no Brasil


O Brasil está entre os 10 maiores produtores de cacau do mundo e ocupa quase a mesma posição no ranking de consumo de chocolate.

A Bahia detém grande parte da produção da Mata Atlântica, porém o mercado no país não tem tanto investimento quanto outros produtos do agronegócio, como é o caso do milho e do café, por exemplo.

Ainda assim as projeções para o mercado continuam positivas, já que a média de consumo por habitante é de 2,2kg/ano, o que corresponde a 15 barras de 150g.

Por isso, se o seu objetivo é plantar cacau e aproveitar todos os segmentos voltados para produtos derivados dele, pode ser um bom negócio!

Veja o que faz mais sentido para o seu negócio e coloque a mão na massa!


Agora que você já conhece os produtos derivados do cacau e o mercado no nosso país, chegou a hora de colocar na balança o que faz mais sentido para o seu negócio de acordo com o seu público alvo e o lucro que você pretende ter.

Espero que o artigo tenha te ajudado e que você faça o maior sucesso na sua região, independente da sua escolha.

Obrigada pela companhia. Até a próxima!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Jéssica Trabuco
Sou baiana de Salvador, formada em Jornalismo e fundadora do Negócio de Cozinha. Trabalhei com vendas por mais de cinco anos e estudar e falar de negócios faz parte do meu dia a dia! Sou apaixonada em ajudar o outro a mudar o seu mundo e faço o que estiver ao meu alcance para conseguir!

Deixe o primeiro comentário