Philco e Britânia são a mesma empresa? Descubra a verdade!

Publicado por Lidia Massari em 18 de setembro de 2023

Conforme os eletrodomésticos se tornam mais parecidos, mais difícil é entender se Philco e Britânia são a mesma empresa, será?

Não importa qual rede de lojas ou varejo você escolha, estas duas marcas sempre estarão presentes, disputando pela sua atenção. Porém, muitos rumores surgem a todo momento e, grandes empresas, estão sempre no centro das dúvidas.

Se você está nesse impasse, saiba que encontrará a resposta num conteúdo bem relevante e interessante. Então, me dê alguns minutos que eu resolvo isso!

Philco e Britânia são a mesma empresa? Descubra a verdade desta relação!

Philco e Britânia são a mesma empresa

Não, Philco e Britânia não são a mesma empresa, na verdade, a Britânia comprou o direito de uso da marca. Então, se você queria saber de quem é a marca Philco no Brasil, atualmente ela está sob responsabilidade da Britânia.

A história da Philco começou em 1892, lá nos Estados Unidos, produzindo inicialmente lâmpadas de carbono, baterias e rádios. Em decorrência de produtos inovadores e forte presença de mercado, logo conquistou a preferência do consumidor.

História resumida da Philco até a aquisição pela Britânia

No Brasil, a Philco chegou em 1934, também trazendo a mais recente tecnologia em rádios e soluções do gênero. Cerca de duas décadas depois, a empresa focou na promessa revolucionária das primeiras televisões no país.

Como resultado, caiu novamente nas graças do consumidor e, por consequência, conquistou mais espaço no mercado. Foi então que as parcerias começaram a surgir, primeiro com a japonesa Hitachi, formando assim, a Philco-Hitachi.

Entretanto, pouca gente sabe disso, mas a Philco pertencia à americana Ford, que acabou abandonando o barco no Brasil. A justificativa era a complexidade burocrática e a temida carga tributária do país.

Infelizmente, a Philco acabou desamparada, até que a Itautec comprou o controle acionário, obtendo total liberdade operacional. Essa parceria, por sua vez, se estendeu de 1994 a 2005, quando a Philco foi vendida à Gradiente pela Itautec.

Acontece que a Gradiente não estava no melhor momento da trajetória e teve que declarar recuperação judicial. Mais uma vez, a Philco se viu isolada e pronta para ser adquirida. Como num passe de mágica, entra em cena a Britânia em 2007.

Nesse momento, a Britânia comprou os direitos de uso da Philco, quase como um “aluguel” do seu uso. Inicialmente, o contrato foi firmado por 10 anos, ou seja, o direito se estendia até 2017.

Entretanto, não fica claro se o contrato foi renovado. Mas a questão é que a Britânia está por trás da produção dos produtos Philco. Ah, acho que também ficou claro que Philips e Philco não são a mesma empresa, certo?

Veja a expansão recente da Philco através da Britânia

Toda vez que uma empresa é comprada, licenciada ou tem seus direitos de uso comercializados, sua cadeia produtiva é alterada. Então, em cada ponto da história da Philco, seus produtos passaram por remodelação.

E isso tem um impacto bastante visível na percepção dos consumidores que acabam presenciando as mudanças na prática. Justamente por isso que você encontra pessoas perguntando se a marca Philco é boa.

Como a Britânia tem experiência no mercado e sabe o que faz em termos de produtos, ela anunciou investimentos pesados. O anúncio foi feito entre 2020 e 2021, tendo como foco o município de Linhares, no Espírito Santo.

O investimento foi destinado à criação de uma fábrica gigantesca que abrigará boa parte das operações de ambas as empresas. Logo, a Britânia tem planos futuros para usufruir ao máximo do alcance da Philco, bem como trazê-la novamente ao sucesso.

Como será investimento total da Britânia na planta fabril

  1. O valor inicial estipulado para a construção foi de R$200 milhões.
  2. Contudo, esse número pode aumentar para R$400 milhões.
  3. A fábrica da Britânia/Philco terá aproximadamente 70.000m².
  4. Na geração de empregos, são esperados ao menos 2 mil novos postos diretos de trabalho.
  5. A planta fabril será responsável pela fabricação de produtos das duas marcas, maximizando os investimentos realizados.

Apesar de eu não ter encontrado informações recentes quanto ao funcionamento, a fábrica estava praticamente finalizada há alguns meses. Desse modo, a projeção de inauguração era estipulada para 2022, mas não foi possível.

E você achando que Britânia e Mondial eram a mesma empresa, quando na verdade, o foco da Britânia é outro.

Qual a história da Britânia no mercado brasileiro?

Não sei porque, mas as pessoas têm a ideia de que a Britânia surgiu há pouco tempo, pelo contrário. A Britânia foi fundada em 1956 em Curitiba, dando seus primeiros passos na fabricação de fogareiros, fogões e móveis metálicos.

Regionalmente, a marca cresceu bastante, até que no começo dos anos 80, a empresa incorporou novos produtos ao portfólio. Logo, ela começou a fazer cafeteiras, ventiladores, sanduicheiras e outros eletrodomésticos.

A partir daí, o sucesso veio e a Britânia se consolidou como uma das que mais crescem no segmento. Nesse cenário, a aquisição do direito de uso da Philco foi uma jogada estratégica que ampliou o portfólio do grupo.

Além disso, a Britânia também soube aproveitar a fidelização dos clientes Philco, abrindo margem para desenvolvimento e estudo de mercado. Agora você sabe qual marca é dona da Philco no Brasil, né?

Afinal, qual grupo pertence a Philco? Quem é realmente dono da empresa?

Bem, se a Philco é utilizada pela Britânia no Brasil, quem é realmente dono? A marca Philco Internacional pertence ao Grupo Electrolux que, por sua vez, também tem diferentes marcas em seu portfólio.

Há quem diga que a Philco pertence ao Grupo Philips nos EUA, mas infelizmente não consegui validar a informação. Entretanto, a sua história é marcada pela constante troca de gestões empresariais desde o surgimento.

Querendo ou não, isso acarreta uma série de problemas para a marca, a exemplo da qualidade dos produtos. Muita gente ainda associa a Philco àquela marca pioneira, inovadora, de alta qualidade e referência.

Por outro lado, você sabe o que falam da marca Philco hoje? Tenho vários conhecidos que preferem não comprar, por exemplo, sua linha de televisão. Enquanto outras pessoas optam pela airfryer de marcas alternativas.

Tudo porque ela ficou manchada pelo passado inconsistente, mas a Britânia tem mudado essa realidade desde que assumiu em 2007.

Como a Britânia gerencia as linhas de produtos da Philco?

É inegável que em determinada altura do campeonato, as duas marcas fiquem parecidas no mercado. Com isso, estou falando do design, funcionamento dos equipamentos e tecnologia utilizada para dar vida aos eletrodomésticos.

Todavia, é fundamental apontar que Philco e Britânia acabam como tradicionais concorrentes no mercado, pois têm direcionamentos comerciais específicos. Essa situação é similar ao cenário da Atlas e Dako, especialmente na questão dos produtos.

Dito isso, algo que eu notei com facilidade, é que ambos os e-commerces das empresas são praticamente iguais. Não sei se é para encurtar a competitividade ou simplificar o trabalho de gerenciamento.

Então, no site é possível identificar categorias iguais, mas com produtos específicos a cada estratégia. Mas eu vejo que a Britânia possui suas linhas principais e as tenta adaptar ao conceito que a Philco sempre teve no Brasil.

Philco e Britânia são a mesma empresa? Como essa informação beneficia você?

Para muita gente, saber se Philco e Britânia são a mesma empresa não muda nada e nem influencia na escolha. Em contrapartida, para quem depende disso para empreender, certamente faz muita diferença saber onde cada peça se encaixa.

Portanto, caso você tenha a intenção de montar uma loja de eletrodomésticos, isso se torna crucial. Afinal, você precisará caprichar na oferta do produto certo para encontrar o consumidor no melhor momento, concorda?

Espero muito que tenha gostado das minhas dicas, se eu ajudei hoje, não deixe de compartilhar para auxiliar mais pessoas. Até a próxima!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Lidia Massari
Graduação em Publicidade e Propaganda, com oito anos de especialização em Marketing de Conteúdo, Inbound e SEO. Sou entusiasta de tecnologia, inovação, fascinada pela robótica e filmes de ficção científica. Sou curiosa e adoro aprender coisas novas.

2 comentários

  • Marta Regina de Freitas

    Olá, ótima matéria, fiquei mais tranquila depois que a li. Quando comprei dois ventiladores direto no site da Philco, fiquei surpresa ao ver a nota fiscal sendo emitida pela Britânia e a descrição do ventilador sendo a marca Britânia.. Pensei…. comprei errado? Voltei no e-mail, tudo se referia a Philco. Agora só vou acreditar que comprei o ventilador Philco quando estes chegarem em casa. As empresas poderiam, principalmente em NF, em algum campo mencionar a parceria, deste modo as pessoas fariam suas compras tranquilamente.
    Grata!!

    • Boa tarde, no seu caso que comprou o ventilador da Phico no site da philco, chegara o ventilador da philco e na descrição do PRODUTO no campo de fornecedor: Britania eletrodomesticos SA.

Deixe o seu comentário