Como montar uma loja de lingerie

Para montar uma loja de lingerie será preciso alugar um ponto comercial em uma rua bem movimentada e de fácil acesso. Um espaço com cerca de 30 m² é suficiente para o negócio.

O investimento inicial fica na faixa dos R$ 15 mil Reais. Será necessário estruturar a loja, comprar o estoque de peças intimas e fazer a divulgação inicial.

Nos últimos tempos tem aumentado o número de lojinhas exclusivas de lingerie em muitos lugares e isso mostra que esse é um mercado muito interessante para se trabalhar. A demanda pelos produtos é crescente.

Porém eu vejo que muitas pessoas tem dúvidas a respeito do processo de montagem desse tipo de loja. Então decidi criar esse guia explicando tudo passo a passo.

Confira 11 dicas sobre como montar uma loja de lingerie de sucesso:

1. Conheça o mercado de lingeries no Brasil


como montar uma loja de lingerie

De acordo com o Sebrae, o aumento das mulheres no mercado de trabalho influenciou diretamente a alta nesse mercado.

Segundo dados de uma pesquisa feita pelo Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI), entre 2014 e 2018, a produção de sutiã e calcinha teve alta! O Brasil tem crescido e a expectativa é que isso continue aumentando.

Além de movimentarmos a economia interna com esses produtos, começamos também com a exportação.

Outro dado interessante, também da IEMI é que 72% dos consumidores de roupas íntimas preferem fazer suas compras em lojas físicas, mas também tem aumentado o número de quem está comprando na internet, cerca de 12%.

A média de gasto por compra é de R$127 e 32% das pessoas compram uma peça nova a cada dois meses.

Se atente também ao mercado local

Além de entender como anda o mercado nacional, você precisa conhecer o da região que pretende trabalhar. Quais são os seus concorrentes? Que públicos eles atendem? Quais grupos não são bem servidos? Qual a média de preço? Como são suas lojas?

Fazer essa pesquisa caminhando pela região vai te dar conhecimento hábil para montar uma estratégia que tenha efeito positivo nas suas vendas.

2. Faça o planejamento para montar uma loja de lingerie


Antes de começar a investir em qualquer coisa é preciso já saber exatamente o que é necessário. Isso só vai acontecer com um bom planejamento.

A partir das coisas que observou do seu mercado e dos seus objetivos, responda algumas questões:

  • Qual é o melhor lugar para abrir a loja?
  • Legalização do negócio;
  • Quanto você tem para gastar nesse investimento inicial?
  • O que você precisará comprar para montar a loja?
  • Quantas peças você precisa para começar?
  • Pretende contratar funcionários?
  • Por quanto precisará vender os produtos para poder cobrir o investimento inicial?
  • Quanto será necessário de capital?

Faça os cálculos de acordo com o seu planejamento e estipule uma data que, provavelmente, você irá cobrir o investimento inicial e estará lucrando com a sua loja de roupas íntimas.

Fazer um bom plano de negócios da sua loja de lingerie te ajudará a criar algo mais firme, com base sólida e chance de crescimento. É uma etapa importante que não deve ser pulada.

3. Legalize sua loja de lingerie


Se o seu faturamento não for ultrapassar R$81.000 por ano o ideal é que você opte por abrir uma empresa MEI. É possível fazer tudo pelo Portal do Empreendedor, sozinho e em cinco minutos já terá o seu CNPJ.

Quem é MEI precisa fazer uma contribuição mensal que fica em torno de R$55, mas pode variar de acordo com o tipo de negócio. Nesse caso você terá direito a ter um funcionário e acesso a crédito e empréstimos em banco.

Agora, se o objetivo é ter um faturamento anual maior, o ideal é procurar uma empresa de contabilidade para cuidar do processo burocrático. Para outro regime é preciso seguir caminhos mais específicos que só um especialista sabe.

Independente da sua formatação o certo é que você precisa se legalizar e também estar de acordo com as exigências da Vigilância Sanitária e do Corpo de Bombeiros – só assim terá o seu alvará de funcionamento.

4. Defina o seu público alvo


Por mais que pareça claro demais que o público alvo de uma loja de lingerie sejam as mulheres, existem algumas especificações que você precisa ter para compreender melhor o universo de quem você quer atingir.

Por exemplo: Você quer vender para pessoas com maior poder aquisitivo ou para aquelas que tem menos? Talvez você queira, e isso é uma ótima ideia, vender lingerie para mulheres plus size – já que é tão difícil para elas encontrar produtos que sejam bonitos e inovadores.

Em muitos casos, começar com um segmento específico dá mais chance de sucesso do que quando se tenta agradar a todos.

É melhor fazer menos, mas fazer bem, do que tentar fazer muito e não conseguir atender ninguém da forma correta.

A partir do momento que você sabe para quem vai oferecer os seus produtos fica muito mais fácil estruturar a sua loja, escolher as peças e todo o resto.

5. Pense em um nome para a loja de lingerie


Isso também é importante! O nome precisa ter a ver com o seu negócio, pode destacar algum ponto forte da sua empresa ou até mesmo alguma ligação com o seu nome.

Coloque várias opções em um papel e vá fazendo suas junções. Veja o que soa melhor sendo falado, o que pode ter mais força. O ideal nesse momento é ouvir pessoas próximas que você confia.

Quando menos esperar vai aparecer um nome que tem tudo a ver com o que você procura. Leve o tempo que precisar nisso e a partir daí crie a sua marca.

Nós temos até mesmo um artigo com várias ideias de nomes para lojas de moda íntima que pode lhe ajudar nessa escolha.

6. Local para montar uma loja de lingerie


O segredo aqui é encontrar o melhor custo/benefício. Por exemplo, você pode encontrar um valor baixo em um imóvel, mas em uma área mais isolada. O que significa muito trabalho na captação de clientes e divulgação da loja.

Em contra partida é possível encontrar uma loja em uma área bem movimentada, mas que terá custos mais altos.

O que é mais importante para você nesse momento?

O básico é que quanto mais gente melhor, mas é preciso se atentar a isso junto com as questões financeiras. Não dê um passo maior que a sua perna.

7. Estrutura necessária


loja de moda íntima online

Falando de forma geral a estrutura de uma loja dessas é simples: Você precisa de uma área de exposição dos produtos, de provadores, balcão e caixa, depósito e uma sala para a parte administrativa.

Só que para dar o melhor ambiente para o seu cliente, mesmo que o espaço seja pequeno, é preciso ter atenção a alguns pontos importantes:

Iluminação

A iluminação bem planejada consegue modular o ambiente para que ele se torne mais aconchegante, permitindo que os clientes fiquem mais tempo na loja escolhendo os produtos, sem aquela pressa, sabe?

Música ambiente

Escolher a música ambiente certa para a sua loja pode ajudar a deixar o seu cliente mais confortável e suscetível a compra. Prepare uma playlist que tem a ver com o seu negócio e coloque para tocar em volume agradável.

Vitrine e manequins

A vitrine exige um cuidado especial de um profissional que entenda de vitrinismo. Isso é importante porque a forma como ela está arrumada e preparada tem efeito na compra. Por isso tenha cuidado para manter uma vitrine sempre bem arrumada e chamativa.

Um dos pontos da vitrine (e de outras partes da loja) que você precisa se preocupar também são os manequins. Procure por modelos que façam o seu público alvo se sentir representado e não aqueles que demostram um corpo não humano.

Manequins coloridos podem ser uma boa forma de chamar a atenção do público – dependendo da estrutura que você vai montar na sua loja.

Decoração de lojas de peças íntimas

Para ter uma loja bem decorada nem sempre é preciso gastar muito. Existem algumas coisas que já fazem a diferença na decoração. Desde as cores que você quer usar na sua loja, até os móveis.

Dê uma pesquisada em outras lojas de lingerie e crie o seu próprio estilo!

Móveis e outros materiais

Entre os móveis e objetos de uma loja de lingerie estão:

  • Balcão de atendimento;
  • Cadeiras e poltronas;
  • Prateleiras e estantes;
  • Espelhos (além de estar nos provadores, vale a pena instalar em locais estratégicos da loja. Isso vai dar um ar maior de espaço e se for colocado atrás de prateleiras, dará a impressão de mais produtos);
  • Provadores (que podem ser feitos de forma planejada, ou podem ser como cortinas);
  • Computador, telefone, impressora;
  • Material básico de escritório;
  • Sistema de som;
  • Ar condicionado.

8. Invista em um atendimento incrível


Você sabia que o bom atendimento é um dos pontos que mais atraem as consumidoras de lingerie? 42% de acordo com a pesquisa do IEMI, para ser mais exata.

Além de ter uma loja linda e bem localizada, com produtos de qualidade, as pessoas precisam se sentir em casa, bem tratadas. Então capriche nisso!

Se for só você ou mais funcionários, não importa! Faça treinamento de atendimento ao cliente, olho nos olhos dele, seja sempre simpático, chame pelo seu nome, se importe verdadeiramente e verá o impacto que isso terá no seu faturamento!

9. Procure bons fornecedores de peças intimas


Pesquisar bem os fornecedores vai permitir que você tenha produtos de qualidade, com modelos variados, na moda e com preço baixo para que você tenha margem de lucro nas peças vendidas na sua loja.

Você tanto pode comprar de distribuidoras que trabalham com a revenda de lingerie, como também pode entrar em contato com as próprias marcas e procurar saber como funciona a revenda por meio delas ou fazer parceria com confecções.

Para tomar essa decisão você já precisa ter definido mesmo o seu público alvo. Assim você consegue compreender quais tipos de peças, modelos e até marcas são os mais procurados e desejados para essas pessoas.

Inclusive, um dos melhores lugares para comprar esse tipo de produto no atacado é nas fábricas de lingerie em Nova Friburgo. Porque existem muitos fabricantes de moda íntima com ótimo preço para revenda.

10. Invista na venda pela internet


abrir uma loja de lingerie

Mesmo que o seu objetivo seja montar uma loja de lingerie física, te aconselho a investir também nas vendas pela internet. Hoje em dia, com o poder das redes sociais, isso ficou mais barato.

Por exemplo: É possível ter a sua loja no Instagram. Postar imagens todos os dias e divulgar seus produtos.

Também é possível anunciar em sites de venda como Mercado Livre e OLX.

Vender lingerie pela internet tira todas as usas barreiras. É possível atender pessoas de todas as partes do mundo, com uma margem de lucro ainda maior.

Algumas pessoas vivem exclusivamente com esse tipo de venda (online) e é uma excelente opção para quem tem pouco dinheiro para investir.

11. Divulgue e faça promoções


Montou o negócio perfeito? Então é hora de divulgar! Isso acontece usando as ferramentas na internet que falei acima, mas também por meio do boca a boca e até panfletagem.

Outra boa maneira de divulgar sua loja é fazendo promoções. Que tal, compre uma calcinha e ganhe um sutiã? Ou talvez um desconto maior em determinado dia da semana? Quem sabe um estoure um balão e ganhe um brinde? Um presente a partir da compra de X reais?

Pense no seu público alvo e construa a melhor opção para ele.

Nós temos aqui até mesmo um artigo com sugestões de texto comercial para moda íntima. Assim vai ficar mais fácil na hora de divulgar seu negócio.

Coloque o seu projeto para funcionar


Saber como montar uma loja de lingerie é um passo importante, mas que só terá efeito na sua vida se for colocado em prática. Depois de passo a passo todo que eu te mostrei, falta o quê para fazer funcionar?!

Espero que o artigo tenha te ajudado a entender melhor esse mercado e te inspirado a ir atrás do que acredita.

Agradeço a companhia, um grande abraço e sucesso!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Jéssica Trabuco
Sou baiana de Salvador, formada em Jornalismo e fundadora do Negócio de Cozinha. Trabalhei com vendas por mais de cinco anos e estudar e falar de negócios faz parte do meu dia a dia! Sou apaixonada em ajudar o outro a mudar o seu mundo e faço o que estiver ao meu alcance para conseguir!

3 comentários

Deixe o seu comentário