Como montar uma distribuidora com pouco dinheiro?

Publicado por Jéssica Trabuco em 5 de dezembro de 2023

Se você quer montar uma distribuidora com pouco dinheiro, saiba que com um espaço de 50 m² e um investimento de R$40 mil Reais já é possível iniciar. Dependendo do segmento escolhido, é possível ter um faturamento a partir de R$20 mil no mês.

O foco é escolher um nicho que tenha uma boa demanda na sua região, além de investir em um planejamento detalhado e bem organizado.

Além de te explicar melhor sobre o valor para investir e quanto dá para ganhar, vou te apresentar 10 passos para transformar o seu sonho em realidade.

Quanto custa montar uma distribuidora?


Como montar uma distribuidora com pouco dinheiro

Montar uma distribuidora pequena custa em torno de R$40 mil. Claro que esse valor não é uma regra e varia de acordo com o tipo de produto que vai trabalhar, com o espaço que quer ter e até o tamanho da equipe.

Dá para começar com menos dinheiro? Dá sim! Tudo depende do seu objetivo, do local que quer se instalar e de como pretende trabalhar.

Ter pouco investimento não te impede de começar o seu projeto, só vai exigir que tenha ainda mais cuidado com a parte de planejamento e organização.

E dá dinheiro?


Eu já tive o prazer de conhecer bem de perto o funcionamento de uma pequena distribuidora de produtos eletrônicos aqui na minha cidade e, sem dúvidas, é um tipo de negócio que gera bons resultados todos os meses.

Não posso dizer que é um negócio simples, porque exige muita mão de obra, um alto investimento inicial e uma administração muito bem feita, mas por fim os lucros costumam ser muito bons.

Em uma pequena distribuidora focada somente em uma cidade, por exemplo, é possível ter um faturamento mensal na faixa dos R$90 mil. Já no caso de grandes distribuidoras é possível faturar cerca de R$1 milhão por mês!

Se for um setor mais simples, como o de balas, por exemplo, sua receita será de pelo menos uns R$20 mil por mês, com uma boa taxa de lucro.

Com certeza montar uma distribuidora dá dinheiro, mas como em todo negócio, é o dono que faz com que isso aconteça.

Já se perguntou se está pronto para dar o seu melhor e pagar o preço de trabalho e dedicação para o negócio funcionar? De todas as dicas que eu vou te apresentar aqui hoje, essa é a mais importante!

10 passos para montar sua distribuidora de sucesso


Para construir um negócio lucrativo é preciso definir o tipo de produto que vai vender, fazer um bom planejamento, ter bons fornecedores e ter dedicação e foco no seu trabalho.

Abaixo eu separei 10 pontos que são essenciais para tirar a ideia do papel e transformá-la em realidade. Leia tudo com atenção, adapte de acordo com a sua realidade e comece a colocar em prática o quanto antes.

Confira:

1. Defina o tipo de distribuidora que vai montar

Você precisa começar a pesquisar o mercado para identificar os tipos de produtos que irá distribuir. Ao invés de querer trabalhar com tudo e não conseguir dar conta, o melhor é focar em uma área segmentada e conseguir se estabelecer.

Por exemplo, você pode montar uma distribuidora de água mineral, de produtos de limpeza, de produtos descartáveis ou mesmo uma pequena distribuidora de gás

Para escolher o caminho correto, o ideal é fazer uma pesquisa de mercado e ver qual é a demanda e as brechas que existem e você pode aproveitar.

2. Escolha o seu público alvo

Os clientes de uma distribuidora geralmente são empresas varejistas ou empreendedores autônomos, que precisam comprar grandes quantidades de produtos no atacado para revender ou para produzir seus materiais.

Só que dentro disso é preciso escolher algo mais segmentado. Por exemplo, seus produtos são mais populares ou sofisticados?

Quando você sabe quem é o seu cliente ideal, fica fácil construir todo o empreendimento, inclusive a estratégia de marketing, para chamar a atenção dele. Entende?

3. Faça um bom planejamento

Depois de definir o tipo de negócio e o público alvo através de uma pesquisa de mercado, é hora de sentar e colocar tudo no papel. O planejamento é parte fundamental para que sua distribuidora tenha uma base sólida e seja bem sucedida.

É o momento de colocar os produtos que vai vender, como pretende divulgar, calcular margem de lucro, custo mensal, capital de giro e até decidir a quantidade de pessoas na equipe.

Quanto melhor for o seu planejamento, maior será o seu controle sobre o empreendimento, evitando surpresas e gastos desnecessários.

4. Revender ou fabricar seus produtos?

Essa é uma das decisões que você precisa tomar que vão influenciar diretamente no seu faturamento.

Algumas distribuidoras exigem que você compre produtos para revender. Por exemplo, se você pretende montar uma distribuidora de doces industriais, vai ter que comprar no atacado de outras empresas.

Agora, se você quiser abrir uma distribuidora de produtos de limpeza, é possível montar uma estrutura para fabricação própria.

A diferença normalmente tem a ver com o lucro. Quando você mesmo produz, o lucro é muito maior do que comprando para revender, mas isso também varia de acordo com o segmento que pretende atuar.

Por isso, pense bem antes de dar qualquer passo! Analise o mercado, veja quem será o seu cliente, o tipo de produto que ele precisa e daí decida se vai fabricar ou comprar.

Obs.: Não se esqueça que no caso de montar sua produção o investimento inicial será maior.

5. Procure bons fornecedores

Se optar pela revenda de produtos, precisa ter um cuidado especial com a escolha dos fornecedores. O ponto principal é a qualidade do material vendido. É preciso ser bom, ter boa procedência e ser confiável.

Além disso, não esqueça que você precisa ter lucro! Isso significa que o melhor fornecedor é o que tem o melhor custo benefício. Faça uma cotação em várias empresas, coloque tudo no papel, faça as contas e escolha quem te oferecer as melhores vantagens.

6. Legalize o seu negócio

Não se esqueça também da legalização da nova distribuidora, hein? Não vá querer começar um negócio sem estar dentro da lei porque além de ser errado só vai te causar problemas.

O ideal é que você contrate um bom contador para fazer o registro da sua empresa na junta comercial, obter o CNPJ, a licença municipal e resolver todos os processos burocráticos desse início.

qual o valor mínimo para abrir uma distribuidora

7. Escolha uma boa localização

Como estamos falando de uma distribuidora pequena, o ideal é que você se instale em regiões centrais, que tenham bastante movimento de pessoas todos os dias e que sua fachada seja vista com facilidade.

Outra coisa importante: O local precisa caber no seu orçamento, viu? Isso aqui é fundamental!

8. Monte sua estrutura

O mais importante na estrutura de uma distribuidora é a organização!

Ela basicamente vai contar com:

  • Área de estoque (que em alguns casos é a mesma de exposição);
  • Carga e descarga de produtos;
  • Balcão de atendimento (que de início também pode funcionar como a sua administração).

Você não vai precisar de equipamentos distintos e caros para arrumar o seu empreendimento, mas é importante que tudo seja escolhido com bom gosto e que esteja bem limpo e apresentável.

Será preciso investir em estantes, prateleiras, balcão de atendimento, caixa com gaveta, computador, impressora fiscal, impressora comum e outros materiais de escritório.

9. Forme uma boa equipe

Mesmo que você só tenha dois funcionários, precisa dar uma atenção especial nessa parte. É importante que além de entenderem sobre o produto que você vende, eles tenham facilidade com o atendimento ao cliente.

Ter educação, simpatia e respeito é o combo básico para conseguir agradar as pessoas que vão comprar na sua mão. E acredite em mim, um bom atendimento é capaz de fidelizar o cliente.

10. Invista pesado na sua divulgação

Do que adianta ter um empreendimento incrível se você não faz divulgação dele? Não tem como!

É preciso pensar com atenção nessa parte do seu negócio porque ela é uma das mais importantes. Além de apostar no boca a boca por conta do seu bom serviço, vale a pena também explorar outras estratégias, como:

  • Panfletagem; 
  • Carro de som;
  • Cartão de visita;
  • Outdoor;
  • Parceria com outras empresas;
  • Contratação de influencers regional;
  • Boa utilização das redes sociais;
  • Anúncios em sites e grupos de venda;
  • Captação direta do cliente.

Leia também: 5 ideias de distribuidoras para montar e ganhar dinheiro

Comece a se organizar!


Agora é com você! Faça uma análise da sua situação, dos seus objetivos e do mercado local e veja se esse é mesmo o caminho que quer seguir. Se for, é só colocar as informações que eu trouxe em prática que vai dar tudo certo.

Agradeço muito a sua companhia por hoje. Um grande abraço e até mais!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Jéssica Trabuco
Sou baiana de Salvador, formada em Jornalismo e fundadora do Negócio de Cozinha. Trabalhei com vendas por mais de cinco anos e estudar e falar de negócios faz parte do meu dia a dia! Sou apaixonada em ajudar o outro a mudar o seu mundo e faço o que estiver ao meu alcance para conseguir!

Deixe o primeiro comentário