Como fazer tábuas de frios para vender: 4 passos infalíveis + dica extra

Aprender como fazer tábuas de frios para vender é uma das melhores estratégias para aproveitar o crescimento desse nicho nos últimos dois anos.

Para se ter ideia, alguns empreendedores do ramo que vendiam 10 cestas de frios por semana, alcançaram esse número diário, tudo impulsionado pela pandemia. Então, a venda de tábuas aliada à charcutaria é uma tendência que veio para ficar.

Sendo assim, montei um guia muito completo com os passos mais certeiros para você vender muito, seja através de encomendas ou delivery. Acompanhe!

Como fazer tábuas de frios para vender: 4 passos infalíveis + dica extra

1. Escolha a composição da tábua de frios

A primeira coisa que você deve estar pensando é onde comprar frios para revender, acertei?

Pois bem, a escolha dos produtos é o coração desse negócio. Veja bem, tudo aqui depende da combinação de sabores, do visual deslumbrante e do cuidado na montagem.

Outro ponto a se atentar é quanto à quantidade fracionada de cada ingrediente, pois não é ideal ou recomendado exceder na muçarela de búfala, por exemplo, mas desequilibrar com o maravilhoso salame hamburguês, concorda?

Tábua tradicional de queijos

  1. Gouda;
  2. Camembert;
  3. Provolone defumado;
  4. Canastra.

Aliás, você pode substituir por outras opções, como Gruyère, Emmenthal, parmesão, entre outros.

A minha única recomendação é que você evite misturar o Camembert com o Brie, uma vez que são queijos fortes e podem se contradizer no paladar!

Tábua sofisticada de frios especiais

  1. Queijo de cabra;
  2. Queijo Brie;
  3. Gouda defumado;
  4. Salame hamburguês;
  5. Camembert com geleia;
  6. Presunto Parma ou Jámon Serrano;
  7. Azeitonas portuguesas;
  8. Mix de castanhas para trazer textura.

Por conter produtos de maior qualidade, é fundamental planejar bem sua montagem e precificar de acordo com o custo de produção. Além disso, venda esse tipo de tábua apenas como encomenda, assim você evita prejuízos.

Opção de tábua com frios e frutas

  1. Gorgonzola de longa maturação.
  2. Gouda temperado.
  3. Salame italiano com pimenta.
  4. Lombo canadense.
  5. Mix de castanhas.
  6. Tomatinho cereja.
  7. Pepino japonês refrescante.
  8. Figo, mirtilo e framboesa.
  9. Azeitona preta
  10. Pão artesanal de longa fermentação.

A ideia é ousar na combinação de texturas, sabores e nuances, pode até parecer coisa demais, mas as pessoas adoram essa diversidade!

2. Corte os ingredientes apropriadamente

como fazer tábuas de frios para vender

O corte dos ingredientes é uma das principais etapas, pois é onde você cria a harmonia perfeita na tábua, siga algumas instruções:

  • Queijos: para gerar desejo de consumo, corte em formatos triangulares, redondos e cilíndricos.
  • Embutidos: salame, presunto Parma e charcutaria em geral, corte em rodelas finas, dobrando-as como flores, ou enrole para servir com pedaços de queijo, por exemplo.
  • Frutas: melhor servidas inteiras e frescas, realçando cores, formatos e aromas.
  • Molhos e cremes: utilize bowls personalizados, com formatos diferentes e que combinem com a decoração.

3. Defina a distribuição dos frios

Em uma tábua onde há azeitonas, uma boa alternativa é colocá-las no centro da tábua, dividindo e alternando o espaço entre queijos cortadinhos, embutidos dobrados, frutas de cor intensa e fatias finas de queijo sobrepostas, veja uma sugestão:

  • Um copo decorativo no centro, recheado de azeitonas pretas com azeite e ervas.
  • Pequenos cachos de uva verde no entorno do copo.
  • Fatias de lombo canadense dobradas ao meio nas laterais.
  • Queijo gorgonzola em pedaço dividindo o salame e o presunto Parma.
  • Pedaços de damasco logo em seguida.
  • Finalize com mix de castanhas soltas a par com um belo queijo Brie.

DICA EXTRA: em alguns casos, não se atenha aos detalhes de arrumar tudo certinho, visto que alguns clientes enxergam valor na tábua de frios “bagunçada”, com um ar de tábua rústica, tudo vai do gosto do freguês!

4. Invista nas melhores embalagens para frios

Conforme o segmento da venda de frios se consolidou no mercado, muitas empresas passaram a fabricar diferentes embalagens específicas. Desse modo, encontramos desde caixinhas de papelão preparadas até tábuas de madeira e MDF.

Costumo dizer que quanto melhor a embalagem, maior o custo do produto. Porém, a margem de precificação também aumenta, e não só isso, mas a percepção do cliente é impactada.

Pensa comigo, você escolhe a dedo os melhores frios e embutidos, traz lindas frutas e castanhas, mas serve em “meras” embalagens de papelão?

Não faz sentido, por outro lado, se você investe num produto de qualidade, seu cliente vai agradecer! É por isso que você deve seguir alguns parâmetros em qualidade de embalagem:

  • A embalagem precisa ser bem estruturada.
  • Deve oferecer excelente vedação para transporte e segurança do alimento, como a conservação dos queijos.
  • Precisa ter layout despojado e transparente para melhor visualização dos frios.
  • Além de contar com compartimentos necessários para acomodar os componentes.

Dependendo do seu público, pode ser interessante apostar em cestas especiais que, além de transformar o visual da tábua de frios, permite incorporar outros produtos. Essa estratégia comercial abre espaço para ampliar sua margem de lucro!

DICA EXTRA: combine a tábua de frios com produtos para agregar valor!

E por falar em trazer elementos que aprimoram a experiência do cliente, uma estratégia inteligente é montar combos atrativos com produtos que realçam o paladar. Então, a minha sugestão extra é combinar as tábuas com:

  • Chocolates especiais, apimentados, meio amargo, entre outros.
  • Vinho tinto e branco seco, espumantes e licores.
  • Compotas de frutas e geleias.
  • Taças para acompanhar as bebidas.
  • Cervejas artesanais para uma experiência de harmonização.
  • Conjunto de espátulas e utensílios para frios.

Enfim, tudo que puder agregar será positivo para o cliente escolher o seu negócio de tábua de frios. Contudo, a recomendação é deixar tais possibilidades apenas na categoria de encomendas.

Dessa forma, você terá maior controle sobre o estoque dos produtos, terá mais atenção com as tendências, atenderá a todos muito bem e sem margem de erros!

Transforme seu negócio de tábua de frios em delivery!

Você sabia que o delivery brasileiro foi responsável por mais de 48% de todos os pedidos na América Latina em 2020 e 2021?

Em teoria, quer dizer que a cada 10 pedidos por delivery na América Latina, 5 eram feitos no Brasil. Nesse meio termo temos as entregas de tábuas de frios. Não à toa, empreendedores brasileiros faturam mais de R$120.000,00 por mês, acredita?

Portanto, esse pode ser o melhor momento para unificar o melhor de dois mundos, ou seja, o preparo de tábuas incríveis com a facilidade do delivery.

Afinal, uma das principais vantagens de montar um negócio de frios é a praticidade para criar arranjos maravilhosos que cativam e fazem o cliente “comer com os olhos”, agora é a sua vez de colocar tudo que conversamos em prática!

Espero muito que tenha gostado das minhas de como fazer tábuas de frios para vender, se consegui ajudar você, não deixe de passar esse conteúdo à frente, assim você ajuda outras pessoas. Até a próxima!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Lidia Massari
Graduação em Publicidade e Propaganda, com oito anos de especialização em Marketing de Conteúdo, Inbound e SEO. Sou entusiasta de tecnologia, inovação, fascinada pela robótica e filmes de ficção científica. Sou curiosa e adoro aprender coisas novas.

2 comentários

  • Olá, uma dúvida a respeito da parte burocrática, precisa alguma documentação, vigilância, por ser em casa/delivery o negócio de tábuas de frios? Obrigada!

  • IVANI REGINA MARTINS

    Gostaria de saber sobre tábuas veganas e/ou naturais, para pessoas que não consomem proteínas animal.

Deixe o seu comentário