Tabela de preços para fotógrafos iniciantes: Quanto cobrar?

Para criar uma tabela de preços para fotógrafos iniciantes, é preciso avaliar uma série de fatores como as horas necessárias para efetuar o trabalho, o tipo de fotografia, o número de fotos solicitadas, se a entrega será digital ou física, horário da sessão, região onde acontecerá e até questões como transporte e alimentação.

Como o meu intuito é te ajudar, eu vou falar sobre cada um desses pontos abaixo e no final ainda te mostrar um exemplo de tabela que pode te servir como base.

Aproveite essa oportunidade, fique comigo até o final e comece a fazer seus cálculos por aí. Porque não importa a forma de trabalhar com fotografia que você vai seguir, mas é preciso saber cobrar muito bem para não ficar no prejuízo.

tabela de preços fotografia

Defina o tipo de serviço


A primeira coisa que vai influenciar o quanto cobrar por um trabalho fotográfico é o tipo de serviço solicitado. Uma sessão de fotos em um estúdio não terá o mesmo preço de uma sessão de fotos do nascimento de um bebê, por exemplo. 

Por isso, é importante que primeiro você já tenha a definição dos trabalhos que vai realizar, entendendo a complexidade de cada um, para cobrar de forma justa.

Horas de trabalho x diária


A hora de trabalho de um fotógrafo inicial pode variar de R$50 a R$80, enquanto que a diária de 3 a 5 horas pode custar entre R$300 a R$600. 

Eu acho que a cobrança por hora deve acontecer principalmente para eventos de até 2 horas de duração. Para os que passam disso, acredito que é mais interessante (para o cliente e para o profissional) fechar um valor específico. 

No caso de eventos de mais de um dia, em lugares distantes, também é mais interessante fechar o pacote.

Número de imagens solicitadas


Outra maneira de criar uma tabela de preços para fotógrafos iniciantes é cobrando por unidade de foto. Por exemplo: Para quem vai precisar de até 20 fotos, o valor unitário vai ser de R$10. 

Se a pessoa precisar de 100 fotos, no entanto, o valor unitário vai cair consideravelmente, podendo chegar até R$7 ou R$5.

Por isso, antes de já passar um valor fechado para o seu cliente, é muito importante entender o que ele precisa. Não deixe de perguntar a quantidade de fotos que ele vai querer porque isso vai te dar uma base mais precisa de quanto cobrar. 

Entrega de fotos


No caso de eventos como casamentos, formaturas e até nascimento de bebês, as pessoas querem ter algo físico para poder olhar e lembrar desse momento. Então, se você também oferecer o serviço de álbum, precisa lembrar de colocar esse custo na sua conta. 

Nesse caso, além do trabalho da produção das imagens, você precisa considerar o trabalho da edição, a impressão, o álbum em si, a confecção personalizada dele para o cliente e a caixa. 

Transporte e alimentação


Também é importante colocar esses custos na sua tabela. O transporte é algo que não pode faltar e a alimentação precisa ser contabilizada de forma justa. Se você vai fazer um trabalho de 2 horas, não deve cobrar por isso, mas se for algo mais longo, de 3 horas em diante, aí sim deve ser colocado. 

Não se esqueça de ter equilíbrio também em relação aos valores disso, hein? A alimentação não é um jantar em um restaurante chique, é algo que te permita comer e se sustentar durante as fotos. Acredito que um valor entre R$20 a R$30 é mais do que suficiente. 

Horário


O trabalho dentro do horário comercial, das 8h às 18h, deve ser cobrado de acordo com uma tabela convencional. Já no caso de trabalhar em horários especiais, como de madrugada ou durante feriados, é preciso ter uma taxa diferenciada. 

Região onde você trabalha


Na hora de criar uma tabela de preços para fotógrafos, também é importante considerar a sua região de atuação. Se você morar em uma cidade bem pequena não pode cobrar o mesmo preço de alguém que mora na cidade de São Paulo. Entende? 

É preciso considerar a região e o poder aquisitivo das pessoas do local para ter um valor justo e conseguir clientes. Até porque, cobrar caro demais não significa ganhar muito, pode na verdade significar não fechar “jobs”. 

Dê uma olhada na concorrência


Para conseguir bater o martelo do jeito certo, que tal conferir como os seus concorrentes estão trabalhando? Isso vai permitir que você tenha uma base muito mais real de quanto deve cobrar. 

Claro que isso não significa cobrar o mesmo preço, hein? Só vai ser mesmo um norte para que você se direcione, pelo menos nesse início, para entrar no mercado sem causar estranheza nas pessoas. 

Modelo de tabela de preços para fotógrafos iniciantes


Como tinha te prometido, abaixo eu vou te apresentar uma tabela de fotógrafos iniciantes que vai te dar uma base de quanto e de como cobrar por aí. 

Confira: 

Tabela de preço fotografia

  • Por hora: R$60
  • Diária de até 5 horas: R$250
  • Pacote de 20 fotos: R$20 (unidade)
  • Pacote de 21 a 50 fotos: R$18 (unidade)
  • Pacote de 51 a R$80 fotos: R$15 (unidade)
  • Confecção de álbum: R$70 (álbum físico)

Tabela de preços para fotógrafos iniciantes
Conteúdo Recomendado:


Comece a fazer seus cálculos


Agora é aproveitar todas as informações que eu trouxe aqui e começar a definir o preço dos pacotes de fotografia iniciante que vai fazer. 

Estou na torcida para que dê tudo certo por aí, viu? 

Um grande abraço e até mais!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Jéssica Trabuco
Sou baiana de Salvador, formada em Jornalismo e fundadora do Negócio de Cozinha. Trabalhei com vendas por mais de cinco anos e estudar e falar de negócios faz parte do meu dia a dia! Sou apaixonada em ajudar o outro a mudar o seu mundo e faço o que estiver ao meu alcance para conseguir!

Deixe o primeiro comentário