Qual reciclagem é mais lucrativa? Veja qual dá mais dinheiro

Para definir qual reciclagem é mais lucrativa é preciso avaliar a finalidade de utilização do resíduo coletado. Se você vende o lixo reciclado diretamente, o alumínio é o que dá mais lucro, agora se você modifica o lixo e transforma em algo completamente novo para vender, o preço é definido de acordo com a utilização, criatividade e demais ofertas locais. 

Sabendo disso, abaixo trago uma explicação completa para você entender o preço médio de venda de cada produto e optar pelo que faz mais sentido com a sua proposta de mercado. Confira:

Primeiro conheça os processos que geram lucros neste mercado


Qual reciclagem é mais lucrativa

O reaproveitamento de lixo no Brasil ainda não é uma prática muito comum quando comparamos com outros países ao redor do mundo. Apesar disso, a atividade movimenta bem a nossa economia. 

O lucro que pode ser obtido desses resíduos está associado à coleta, tratamento e reutilização e cada tipo de material tem um preço diferenciado dentro do mercado da reciclagem.

Coleta de lixo reciclável

Apesar de existirem diversos tipos de empresas coletoras, alguns trabalhadores autônomos se candidatam a função e cobram preços mais em conta. 

Geralmente são donos de caminhões ou kombis que se associam a pontos de coletas fixos por toda a cidade. Enquanto as empresas cobram por peso e fazem um contrato, esses coletadores cobram preços fixos por dia e acabam facilitando a vida de muitos empresários. 

Além disso, existem os catadores que coletam lixos nas residências e nos locais públicos. 

Tratamento de lixo

Depois da coleta é preciso procurar onde vender reciclagem na cidade. Os preços de coleta são variáveis, mas o preço de compra para o tratamento na maioria das vezes é fixo, o que facilita o planejamento dos catadores e coletadores. 

Para conseguir aumentar os ganhos é interessante que a pessoa entenda o que cada empresa recebe de lixo e foque em empresas que gerem esses resíduos com certa frequência. 

Reciclagem do lixo

Para separar reciclagem para vender é preciso dividir por tipo de material e deixar tudo embalado em porções (em quilos). 

As empresas que compram esse lixo irão reutilizar para fabricar novos produtos e revender pela cidade a preços muito mais altos. 

Conheça os tipos de lixo e o preço médio de cada um deles


A reciclagem dá lucro, mas hoje em dia existem diversos tipos de lixos e cada um tem preços distintos tanto para vendedores quanto para compradores. 

Esses preços variam de acordo com cada estado e cidade, mas abaixo trouxe uma relação com uma média nacional. A ideia é que pesquise quais os valores definidos aí na sua região, antes de escolher o material que deseja coletar para vender, beleza?

Veja a tabela simples abaixo:

  • Alumínio: O preço médio estimado fica entre R$3 e R$6,48 o quilo;
  • Plástico: O preço varia de R$0,45 a R$1,69 o quilo;
  • Papel e papelão: O preço médio está entre R$0,28 a R$0,67 o quilo;
  • Cobre: O preço do quilo fica entre R$12 e R$16.

Ganhe dinheiro vendendo sucata


reciclagem dá lucro

Esse tipo de venda é uma opção que movimenta muito o mercado de uma forma geral e os preços cobrados variam bastante. O valor pode ser medido por unidade ou por quilo, contudo, para vender lixo reciclável é preciso que você separe a sucata ferrosa da não ferrosa.

Abaixo trouxe uma lista com valores retirados do site Litoral Limpo, especializado na compra e venda de sucatas, para te ajudar a ter uma base:

  • Alumínio: Entre R$7 e R$10 o quilo;
  • Aço inox: R$6;
  • Bloco Limpo: R$4;
  • Bronze: R$23 o quilo;
  • Bateria: Entre R$4 e R$150 a unidade;
  • Cobre: Entre R$38 e R$40;
  • Chumbo: R$6 o quilo;
  • Ferro: R$0,50 o quilo;
  • Metal: R$22 o quilo;
  • Motor de geladeira: De R$13 a R$15;
  • Níquel: R$50;
  • Radiador: R$13.

Ganhe dinheiro vendendo lixo eletrônico


Outra possibilidade que acaba rendendo bastante grana é a comercialização de lixo eletrônico, só que a periodicidade de produção não é tão alta e por conta disso, poucas pessoas investem pesado nesse segmento. 

A grande sacada é fazer parceria com grandes empresas e indústrias para fazer a coleta a cada trimestre. 

Abaixo trago uma tabela com os preços médios de cada produto.

Veja:

  • CPU inteiro: R$10 a unidade;
  • HD: 1,50 o quilo;
  • Pente de memória: R$20 o quilo;
  • Placa de Notebook: R$12 o quilo;
  • Placa Mãe: R$12 o quilo;
  • Processador Comum: R$10 o quilo;
  • Processador Cerâmico: R$17 o quilo.

Conheça outra possibilidade de ganhos com a reciclagem


Além da venda direta do lixo reciclável você pode apostar na reutilização do lixo para criação de novos objetos e venda deles no mercado. 

A opção mais conhecida é o artesanato, trabalhando de forma manual dá para utilizar latinhas, garrafa PET, retalhos de tecido, fios de cobre e muitas outras matérias primas para criar produtos diversos como bolsas, vasos, bancos, capachos, roupas, panos, pulseiras, luminárias e muito mais. 

O preço de cada item varia muito e podem chegar a R$150.

Afinal de contas, o que dá mais dinheiro na reciclagem?


Como existem diversas atuações dentro desse segmento podemos dizer que o que dá mais dinheiro na reciclagem direta de lixos comuns é o cobre, na sucata a bateria de caminhão, no lixo eletrônico é o processador cerâmico e no artesanato vai depender da sua criação. 

Em todos os casos é importante fazer uma análise completa do mercado na sua região para se certificar que realmente esses são os caminhos mais rentáveis. 

Decida como pretende trabalhar e lucre cada vez mais


Agora que você já sabe qual reciclagem é mais lucrativa, escolha de forma estratégica a que tem um preço maior na sua região e mergulhe na possibilidade de mercado que te ocupa menos tempo e te permite mais ganhos ao longo do mês.

Espero que o artigo tenha te ajudado e que você consiga fazer um salário satisfatório contribuindo para a sustentabilidade no planeta.

Estou torcendo para que seu negócio dê certo e você consiga fechar parceria com diversos pontos de coleta da sua cidade, seja para vender a cooperativas de reciclagem ou para criar produtos inovadores e atrair muitos clientes.

Forte abraço!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Jéssica Trabuco
Sou baiana de Salvador, formada em Jornalismo e fundadora do Negócio de Cozinha. Trabalhei com vendas por mais de cinco anos e estudar e falar de negócios faz parte do meu dia a dia! Sou apaixonada em ajudar o outro a mudar o seu mundo e faço o que estiver ao meu alcance para conseguir!

1 comentário

  • Deonezio Costa

    Parabéns pela disposição em ajudar,muitas pessoas realmente procuram este tipo de orientação para um novo recomeço.

Deixe o seu comentário