Como trabalhar com papelaria personalizada

Para trabalhar com papelaria personalizada você vai precisar de pelo menos R$2 mil, bons fornecedores de material, uma boa definição de público alvo, muita divulgação e persistência. 

Abaixo eu vou te explicar cada um desses pontos e eu tenho certeza que no final vai saber exatamente como começar. Fica comigo e aproveita essa oportunidade!

Pesquise o mercado


Como trabalhar com papelaria personalizada

Para começar em qualquer negócio é muito importante que você entenda como anda o mercado. Então, pesquise a fundo como é a situação da papelaria personalizada onde pretende começar a sua atuação. 

Veja se existem e quais são os seus concorrentes. Veja como eles trabalham, o tipo de produto que fazem e até os preços estabelecidos. 

Ter essa visão vai te ajudar a reconhecer algumas oportunidades e também a entender o que está saturado ou não vale a pena investir. Anote tudo que achar interessante e isso a seu favor na hora de montar sua estratégia. 

Defina o público que quer atender


Abrir um negócio de papelaria personalizada pode possibilitar que você trabalhe praticamente com qualquer pessoa, mas para ter um empreendimento com mais base e , o ideal é escolher um público específico e focar nele. 

Então analise para quem quer comercializar os seus produtos. A partir do momento que se tem essa definição fica mais fácil construir itens que agradem e conquistem seu coração. 

Veja como essas pessoas se comunicam, o que elas gostam, o que precisam e isso vai funcionar como um mapa do tesouro. 

Escolha que produtos vai fabricar


Por mais que você tenha muito dinheiro e estrutura, não vai conseguir produzir tudo que se pode produzir na área de papelaria personalizada. Então, com base no seu público alvo e no que gosta de fazer, defina quais serão os seus produtos. 

O que você mais gosta? No que acha que pode se sair melhor? Em que item acredita que o investimento trará mais retorno? 

Eu trouxe abaixo alguns dos materiais para fazer com papelaria personalizada:

  • Brindes;
  • Decoração para festas;
  • Cadernos;
  • Planners;
  • Agenda;
  • Álbum;
  • Porta retratos;
  • Murais;
  • Produtos para bebê.

Faça o seu planejamento


Esse é um dos momentos mais importantes do seu negócio. É preciso parar e colocar no papel todas as informações que tem em mãos para construção do seu projeto. 

O público alvo, os produtos que quer fazer, os materiais que vai precisar, o dinheiro que tem para investir e até os passos que acha que são importantes para conquistar cada um dos seus objetivos. 

Quando a gente traça uma estratégia e consegue seguir ela direito, as nossas chances de ter bons resultados são muito maiores do que se fôssemos trabalhar somente pela impulsividade e achismo. 

Se o seu objetivo é trabalhar com papelaria personalizada e ter lucro com isso, comece fazendo o melhor planejamento possível. 

Encontre bons fornecedores de material


o que é preciso para montar uma papelaria personalizada

A base do seu negócio vai ser o material de papelaria personalizada que vai utilizar. Ele precisa ser de boa qualidade para permitir um bom trabalho e alta produtividade, sem falar na resistência e beleza. 

Para que você tenha esses resultados ao mesmo tempo que um custo baixo de produção, é importante fazer uma pesquisa aprofundada e encontrar fornecedores de confiança. 

Essa pode não ser uma tarefa fácil, mas com um pouco de atenção e paciência é mais do que possível ter parceiros duradouros. 

A maioria dos itens que você precisa são encontrados facilmente em mercearias e lojas de papelaria. Só não caia no engano de comprar no primeiro lugar que achar, hein? Coloque os valores no papel, faça os cálculos e só feche com quem oferecer o melhor custo benefício. 

Escolha a forma que vai trabalhar


Existem pelo menos 3 formas diferentes para você começar o seu negócio de papelaria personalizada e eu vou falar um pouco sobre cada um deles abaixo: 

Montar uma loja física

Essa é a opção para quem tem mais capital disponível e tem o sonho de ter um espaço físico para confeccionar e expor seus produtos. 

O lugar não precisa ser grande, algo em torno de 50 m² já é mais do que suficiente para começar a trabalhar. O que eu acho importante é que o ambiente seja organizado, limpo e bem arrumado. 

Você vai precisar basicamente de um balcão de atendimento e vendas, computador, impressora, prateleiras e estantes para colocar seus produtos. Lembrando também que é importante separar um espaço para sua oficina, estoque de produtos prontos e materiais. 

Vender pela internet

Para mim essa é a melhor opção para continuar já que não vai exigir quase nenhum investimento inicial para sua estrutura. Você pode trabalhar somente através do Instagram, como também pode criar um site ou vender por meio de anúncios na OLX e Mercado Livre. 

Acredito que para ter bons resultados é muito importante que dedique seu tempo para estudar sobre marketing digital e redes sociais. Com esse foco você mesmo pode construir coisas incríveis e ter ótimos resultados. 

Hoje em dia, a maioria das pessoas tem focado nesse tipo de trabalho e conseguido ganhar até mais do que as pessoas com estrutura física. 

Vender para revendedores

Outra boa oportunidade é trabalhar focado na venda para revendedores. Existem papelarias e outras empresas que podem ter interesse no seu produto. Você vai vender a eles em grandes quantidades, por um preço menor do que para o consumidor final e ganha pelo volume.

Invista pesado na divulgação


Independente do tipo de estrutura que monte para atuar na área, uma coisa é fundamental: A divulgação! Você precisa de estratégias para que o maior número possível de pessoas conheça ou escute falar sobre a sua marca. 

Além do tradicional e velho boca a boca, é preciso aproveitar todas as ferramentas que a internet nos trouxe. Criar pelo menos um perfil no Instagram, fazer o registro no Google Negócios e postar anúncios em grupos de Facebook e outras plataformas pode ser uma ótima pedida. 

Se você conseguir construir uma relação próxima com seu público alvo, apresentando a ele não só o seu produto, mas informações que sejam relevantes para o seu dia a dia, tenha certeza que o caminho será só o crescimento. 

Então, ou você estuda sobre isso e cuida dessa parte ou contrata uma pessoa específica para fazer isso. 

Tenha um atendimento excelente


ideias para papelaria personalizada

Trabalhar com papelaria personalizada dá dinheiro, mas o critério para isso não é só ter um produto bom e bonito, não. É preciso atender bem o seu cliente, fazer ele se sentir à vontade e confortável com você. 

Se eu pudesse dar só um conselho sobre ter sucesso em qualquer negócio eu falaria isso: Trate o seu cliente como gostaria que fosse tratado. 

Isso exige ser honesto com relação às informações passadas e também exige comprometimento com a confecção e entrega de um produto em perfeito estado. É importante também ser educado e criar uma relação parceira, com respeito e proximidade. 

Chamar o cliente pelo nome, por exemplo, é uma atitude bem simples, mas gera uma conexão e confiança que você não tem noção. 

Existe muito conteúdo na internet gratuito com dicas incríveis sobre um bom atendimento e eu acho que vale a pena investir nisso para dar ao seu público o melhor de você. 

Lembrando que a partir do momento que a sua estrutura for crescendo, todos os seus colaboradores também precisam seguir essa mesma linha. Então dê treinamentos e estrutura suficiente para isso. 

Capriche no seu produto


Não tem como trabalhar com papelaria personalizada sem se preocupar em entregar o melhor produto possível para o seu cliente, mas eu não poderia finalizar esse texto sem falar sobre isso. 

Antes de dar um item como finalizado, faça uma revisão nele. Veja se o acabamento está perfeito, se existe algum detalhe que pode ser melhorado. Verifique a embalagem, veja se está bem arrumada e limpa. 

Ter uma estação de qualidade da sua produção pode te ajudar a elevar o nível do seu negócio e melhorar ainda mais a experiência dos seus clientes. 

Calcule o quanto precisa investir


Para saber exatamente o investimento necessário para trabalhar com papelaria personalizada é preciso fazer um bom planejamento, como eu te falei mais acima. 

A gente pode supor, no entanto, que para começar um negócio dentro de casa, vendendo online, você vai precisar de algo em torno de R$2 mil. No caso de montar uma loja com estrutura física, esse valor pode subir para R$10 mil ou mais. 

Lembre-se sempre de começar com os pés no chão e dentro do orçamento disponível, independente do caminho que escolha traçar. A pior coisa que você pode fazer é começar o seu negócio com dívidas acima do esperado. 

Comece!


Agora que você já sabe o que é preciso para trabalhar com papelaria personalizada, comece a se organizar e colocar essas coisas em prática o quanto antes!

Espero que o artigo tenha te ajudado e incentivado a dar os passos necessários para realização do seu objetivo.

Muito obrigada pela sua companhia. 

Um abraço e até mais!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Jéssica Trabuco
Sou baiana de Salvador, formada em Jornalismo e fundadora do Negócio de Cozinha. Trabalhei com vendas por mais de cinco anos e estudar e falar de negócios faz parte do meu dia a dia! Sou apaixonada em ajudar o outro a mudar o seu mundo e faço o que estiver ao meu alcance para conseguir!

Deixe o primeiro comentário