Como montar uma distribuidora de queijos

Para montar uma distribuidora de queijos você precisa de um espaço de 150 m² e um investimento aproximado de R$100 mil. Além disso, é preciso encontrar bons fornecedores e se instalar em regiões estratégicas.

Neste artigo trago uma explicação completa para te ajudar a se inserir nesse mercado com o pé direito. Confira:

Conheça o mercado de queijos


Como montar uma distribuidora de queijos

O mercado de queijos está em crescente constante em muitos países. No ano de 2019, o Brasil ocupou a terceira posição no ranking mundial de consumo, segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Queijo (Abiq)

A nova tendência de consumir platters de queijos degustando um belo vinho tem impacto direto sobre essa alta de consumo. 

Por conta disso, diversas empresas de portes diferentes têm se voltado para esse produto com uma maior atenção, disponibilizando no seu catálogo queijos além do muçarela, prato e cheddar (que eram mais convencionais), como o queijo brie, gorgonzola e gouda, que são mais trabalhados e requintados. 

Diante desse cenário, esse nicho de mercado é considerado bastante promissor para os empreendedores iniciantes, sendo uma excelente aposta para alavancar as vendas em estabelecimentos do ramo alimentar. 

Estruture um bom plano de negócios


O plano de negócios para distribuidora de queijos é a ferramenta ideal para proporcionar uma visão panorâmica ao empresário. 

Nele estarão contidos o objetivo do negócio, os tipos de queijos que serão comercializados, o público alvo, o local ideal para se instalar, o valor a ser investido no negócio, as metas e o projeto arquitetônico do espaço. 

A ideia antes de definir os tipos de queijo e o local de instalação é fazer uma análise de concorrência e de possíveis clientes na área. 

A partir disso, dá para fazer uma pesquisa e entender melhor o investimento necessário e as metas de ganhos que pode estabelecer. 

Depois que tudo estiver desenhado, é interessante contratar uma empresa para fazer o projeto arquitetônico do espaço físico, deixando os ambientes mais espaçosos e dinâmicos, para que a produtividade e realização de tarefas tenha maior eficácia. 

Legalize o seu espaço


Qualquer tipo de empresa exige que o responsável corra atrás da legalização na esfera municipal, estadual e federal. Porém, o ramo alimentício possui algumas peculiaridades em relação às exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e às RDC vigentes, como:

Fique atento também em relação aos encargos que precisarão ser pagos para que o seu negócio funcione dentro da lei. 

Conheça abaixo alguns deles:

  • Tributos Federais: Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ), será pago de acordo com a natureza jurídica e regime tributário da empresa, Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Programa de Integração Social (PIS), Contribuição Social sobre o faturamento das empresas (Cofins) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • Tributo estadual: Imposto sobre Circulação de Mercadoria e prestação de Serviços (ICMS);
  • Tributo municipal: Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN);
  • Contribuição Previdenciária;
  • Criação e patente de marca (se decidir fabricar e distribuir os queijos).

Escolha um local para atuar


A escolha da localização deve ser estratégica, disponibilizando para os clientes e funcionários uma fácil acessibilidade e segurança.

Como a maioria dos clientes de distribuidoras de queijos são pessoas jurídicas, é interessante que você avalie a presença de comércios como padarias, botecos, restaurantes, delicatessens, lanchonetes e outras empresas do ramo alimentício ao redor do seu espaço.

Isso permite que você comece a atuação com um leque de possíveis clientes para abordar e apresentar o seu diferencial.

Além disso, é fundamental que o local tenha saneamento básico e seja grande para comportar as estruturas mínimas para o bom funcionamento das atividades que serão realizadas.

Faça uma distribuição das estruturas


vender queijo dá lucro

Não existe muita complexidade na distribuição dos espaços internos de uma empresa como essas. 

Abaixo vou trazer um exemplo de divisão, mas você pode adaptar de acordo com sua necessidade, desde que atenda às normas legais exigidas.

Divisão de estrutura básica:

  • Área de atendimento e recepção de clientes;
  • Administração (gestão da parte operacional e financeira);
  • Depósito;
  • Estacionamento (para receber caminhões e carros maiores de cargas e descargas das empresas parceiras);
  • Área de produção (recebimento de materiais, mudança de embalagem, entre outros);
  • Banheiro/ vestiário.

Atenção com o seu estoque

Um dos espaços internos da sua distribuidora que exige maior atenção é o seu depósito.

Você precisa reservar um ambiente espaçoso e climatizado para acondicionar quantidades grandes de queijos e conservá-los em temperatura ideal por intervalos de tempos longos.

Contrate mão de obra


Montar uma distribuidora de queijos é diferente de fazer queijo para vender na rua ou de montar uma loja para atender clientes locais. 

Uma distribuidora tem um estoque muito grande e atende pequenos empreendedores que vão desde revendedores autônomos a empresas de grande porte. 

Sendo assim, não adianta pensar em começar essa atividade e querer fazer tudo sozinho, porque vai acabar fechando as portas no primeiro mês. 

É indicado que você invista em mão de obra qualificada para a produção, para o gerenciamento de estoque e para as negociações com os clientes e fornecedores. 

Em um negócio de médio porte, dá para começar com uma equipe de 10 profissionais, mas essas contratações nem sempre acontecem antes da abertura (já que você não terá muitos clientes), sendo ideal que você contrate metade disso e vá aumentando de acordo com o aumento da demanda. 

Defina um leque de fornecedores


Se você não quer fabricar os seus produtos é bom reservar um tempo para procurar onde comprar queijos para revender. Como o seu negócio já irá atuar na distribuição desses produtos é ideal que você encontre fábricas com preços baixos e queijos de marcas e tipos variados. 

Com uma alta demanda é preciso ter alguns fornecedores para não se prejudicar caso alguma fábrica feche ou deixe de atender aos seus pedidos. 

Lembre-se que você estará atendendo outros empresários e deixá-los na mão é sujar a reputação da sua empresa. 

Divulgue bem o seu negócio


Quem não é visto não é lembrado e você precisa correr atrás da visibilidade da sua empresa a todo momento. 

Veja abaixo três formas de conseguir isso:

Corra atrás de clientes!

Como já foi falado anteriormente, uma distribuidora atua atendendo a pessoas jurídicas e para criar um leque extenso de clientes é preciso colocar a mão na massa. 

Você pode buscar por franquias de frios e laticínios, por empresas do ramo alimentício ou até por revendedores autônomos (nesse caso sendo mais difícil de encontrar). 

O importante é ser reconhecido nesses ambientes e fazer um bom networking, porque se você for esperar o cliente vir até você pode acabar levando o negócio ao fracasso. 

Se torne distribuidor de alguma fábrica

Dá para procurar fábricas locais e ver os requisitos para se tornar um distribuidor oficial. 

Esse tipo de atuação garante maior visibilidade para o seu negócio e te poupa a implementação de muitos processos, que já são disponibilizados pela empresa apenas para você se adequar. 

Abrace a internet como aliada

Uma das principais formas de ser conhecido nos tempos de hoje é através da internet. 

A internet consegue atingir milhares de pessoas de vários locais diferentes ao mesmo tempo. Utilizando as técnicas corretas, você consegue filtrar o seu público alvo como empresas e apresentar sua distribuidora como opção de fornecimento de queijos para diversos empreendedores. 

Monte sua estrutura!


Agora que você já sabe como montar uma distribuidora de queijos, basta correr atrás de bons fornecedores, fazer um planejamento estratégico e correr atrás dos clientes. 

Espero que o artigo tenha te ajudado e que você se torne o fornecedor padrão de muitos empreendimentos. 

Até a próxima!

Abraços!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Jéssica Trabuco
Sou baiana de Salvador, formada em Jornalismo e fundadora do Negócio de Cozinha. Trabalhei com vendas por mais de cinco anos e estudar e falar de negócios faz parte do meu dia a dia! Sou apaixonada em ajudar o outro a mudar o seu mundo e faço o que estiver ao meu alcance para conseguir!

Deixe o primeiro comentário