Como fazer pão de alho para vender

Todo churrasco tem sempre pão de alho, mas será que aprender como fazer pão de alho para vender é sucesso? O que é necessário para começar com tudo?

Quando paramos para analisar esse mercado, vemos que poucas pessoas se aventuram com esse produto. Mas a razão disso não está no pão de alho em si, mas na falta de visibilidade para vender muito. É isso que pretendo compartilhar com você hoje.

Assim sendo, vamos deixar a conversa de lado e partir para o que interessa. Descubra uma receita deliciosa e aproveite dicas que levarão seu negócio mais longe!

Como fazer pão de alho para vender: receita maravilhosa para começar a vender hoje

O pãozinho de alho é aquele acompanhamento maravilhoso, é quase uma obrigação no churrascão entre os amigos. Porém, quem realmente gosta não fica esperando apenas uma boa churrasqueada acontecer, afinal, não tem hora.

Entretanto, o maior ponto de venda para o produto, são parcerias com estabelecimentos, como supermercados, açougues e boutique de carne. A partir disso, seu produto pode ir mais longe, já que o revendedor impulsiona sua venda.

Antes mesmo de pensar em vender, eu diria que é crucial aprender a fazer o produto certo. De nada adianta até assinar contrato de fornecimento, pois sem o pão de alho de qualidade, o trato é desfeito. Anote os ingredientes e vamos lá:

Ingredientes da massa

  • 400g de farinha de trigo
  • 2 colheres (sopa) de fermento para pão
  • 2 colheres (sopa) de margarina
  • ½ colher (sopa) de sal
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 200ml de água com gelo

Ingredientes do recheio

  • 150g de margarina
  • 150g de manteiga
  • 100g de alho picado ou amassado
  • ½ xícara (chá) de cheiro-verde
  • ½ colher (sopa) de orégano
  • 50g de queijo parmesão ralado
  • ½ colher de (sopa) de pimenta calabresa

Modo de preparo bem detalhado

  1. Em uma tigela grande, coloque todos os ingredientes da massa, menos a água.
  2. Em seguida, comece a misturar levemente com os dedos até juntar os componentes.
  3. Depois disso, adicione água aos poucos até dar ponto na massa, que é quando para de grudar nas mãos.
  4. Nesse momento, transfira para uma bancada e comece a sovar por cerca de 10 a 12 minutos.
  5. O resultado é uma massa lisa, homogênea e bem macia.
  6. Agora, fracione pedaços de 100g, enrole para formar um cilindro e reserve coberto por 20 minutos para fermentar.
  7. Feito isso, abra as massas com um rolo até afinar e enrole novamente já no formato para assar. Repita com todos.
  8. Nessa última etapa, coloque os pães enrolados numa assadeira e reserve por 30 a 40 minutos para crescer.
  9. Faça um corte superficial na parte superior de cada pão para dar formato.
  10. Por fim, leve ao forno em potência alta por cerca de 15 minutos ou até dourar.

Duas dicas rápidas: a primeira é colocar meio copo de água numa bandeja abaixo dos pães para criar umidade. Já a segunda, é borrifar água nos pães crus para criar uma crosta bem crocante.

O recheio é a coisa mais simples, basta liquidificar a manteiga com o alho, acrescentar os temperos e o parmesão. Para finalizar, corte os pães e recheie o interior com a quantidade desejada.

Pronto, você terá um produto incrivelmente único, saboroso e que todos vão amar muito. No vídeo abaixo você pega cada um dos detalhes, confira:

DICA EXCLUSIVA: devo vender os pãezinhos frescos ou congelados?

Essa é a dúvida de “milhões”, pois é uma das principais questões que afligem quem está começando a vender. Sendo assim, a minha recomendação principal é vender o mais fresco possível.

Quando muito, você pode congelar o pão pré-assado sem recheio, daí o seu revendedor fica encarregado de montar os kits. Porém, o mais assertivo de verdade é preparar e já vender imediatamente.

Pensa comigo, seu cliente, seja revendedor ou consumidor final, terá uma bela surpresa no paladar, pois tudo terá máximo sabor.

3 dicas que podem ajudar a seguir um caminho de sucesso

Se você analisar a receita acima, verá que a sua lucratividade será estrondosa, correto? Isso porque você está fazendo uma receita do zero, economizando bastante e tendo uma margem de precificação ainda mais elástica.

Contudo, ainda assim é vital continuar se aprimorando e aperfeiçoando o produto. Inclusive, você tem que desenvolver um lado profissional exclusivo, e isso somente você pode fazer. No mais, fique com algumas dicas bem bacanas!

1. Qual a melhor embalagem para vender pão de alho?

Na hora de embalar pão caseiro para vender, especialmente pão de alho, a embalagem é a vitrine do produto. Dessa maneira, se você colocar numa embalagem fosca e que atrapalha o cliente ver os detalhes, a venda é prejudicada.

Por conta disso, a melhor embalagem é aquela de plástico transparente. Sabe quando vamos ao mercado e o pão de alho vem certinho na embalagem com seu formato? Então, é essa que estou falando.

Todavia, o ponto de atenção aqui é a embalagem em si. Me refiro ao invólucro que leva as informações, data de fabricação, instruções de consumo e tudo mais. Aliás, crie um visual exclusivo para que o consumidor identifique seu produto logo de cara!

2. O que torna a venda de pão de alho um negócio de sucesso?

Eu diria que a margem de lucro, pois a produção em si é muito barata. Por exemplo, a receita acima leva apenas ingredientes básicos e rende um pão maravilhoso. O próprio recheio é econômico, visto que rende uma “barbaridade”.

Dito isso, a melhor estratégia para trabalhar é a diversidade de recheios e sabores. Se você ainda não parou para pensar nisso, veja algumas combinações atrativas:

  • Pão de alho com recheio cremoso de requeijão e queijo meia cura.
  • Pão de alho com calabresa picante, orégano e tomate.
  • Recheio de bacon e linguiça para um pão de alho potente.
  • Recheio de vinagrete com linguiça toscana defumada frita.

O único cuidado é trabalhar com ingredientes frescos, pois o pão de alho costuma ser um produto bastante perecível.

3. Procure a prefeitura da sua cidade para legalizar seu negócio de pão de alho

como fazer pão de alho para vender

E por falar em perecível, antes de praticar seu novo conhecimento sobre como fazer pão de alho para vender, legalize-se. Como mencionei, o pãozinho é altamente perecível, então, você precisa da autorização dos órgãos competentes sanitários.

O caminho mais fácil é através da prefeitura, pois lá eles encaminharão seu negócio aos órgãos certos. Não pense nisso como mera burocracia, mas enxergue como a oportunidade de criar um negócio bem-feito.

Depois de tanto cuidado, é hora de começar a vender seu pão de alho. Afinal, tem tudo para chamar a atenção em sua cidade, visto que o potencial de venda é gigantesco!

Aprendeu como fazer pão de alho para vender? Dê os primeiros passos que o sucesso está logo ali!

Viu só como não é nada complexo aprender os macetes de como fazer pão de alho para vender? Tudo vai da sua vontade de preparar receitas sensacionais, que tenham a identidade daquilo que quer passar aos clientes.

Estruture um negócio bem planejado e saiba que o mercado está aberto para quem se dispõe a fazer a diferença.

Espero muito que tenha gostado das minhas dicas, se foram úteis para você, não deixe de compartilhar o conteúdo. Até a próxima!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Lidia Massari
Graduação em Publicidade e Propaganda, com oito anos de especialização em Marketing de Conteúdo, Inbound e SEO. Sou entusiasta de tecnologia, inovação, fascinada pela robótica e filmes de ficção científica. Sou curiosa e adoro aprender coisas novas.

Deixe o primeiro comentário