Como fazer marmitas fitness para vender

Se você quer saber como fazer marmitas fitness para vender, aqui eu vou lhe ensinar tudo o que precisa para trabalhar com isso!

Nos últimos anos as marmitas fitness se tornaram muito populares. Principalmente pelo fato de ser uma alimentação mais saudável e prática para o dia a dia.

Com isso, surgiu também uma grande oportunidade de negócio nesse ramo. Que é fazer marmitas fitness caseiras para venda. Seja congelada ou preparar a marmita já pronta para consumo no mesmo dia.

Então se você tem interesse e quer saber como fazer marmitas fitness para vender, continue comigo e descubra tudo sobre esse ramo.

1. Receita de marmita fitness para vender


Como fazer marmitas fitness para vender e ganhar dinheiro

O primeiro passo para esse negócio é ter várias receitas de marmitas que você possa fazer e ir variando seu cardápio ao longo da semana. Então é importante ter um cardápio de comida fitness variado e saboroso.

Aqui eu vou compartilhar uma receita de marmita muito boa criada pelo canal Chef Planet. Essa marmita terá arroz integral, frango e legumes na manteiga. Portanto, é uma opção bem prática, mas muito saborosa.

Ingredientes principais:

  • Arroz integral;
  • 1 kg de peito de frango;
  • Manteiga sem sal;
  • Brócolis;
  • Couve-flor;
  • Pimentão vermelho e amarelo;
  • Cenoura;
  • Alho pisado;
  • Curry;
  • Gergelim tostado (à gosto)
  • Água.

Modo de preparo:

  • O primeiro passo é cozinhar o arroz integral (você pode usar um pouco de manteiga e alho pisado);
  • Depois que o arroz estiver pronto, reserve;
  • Em uma panela coloque um pouco de manteiga e alho;
  • Depois acrescente o frango picado e vá mexendo até ficar no ponto certo;
  • Quando estiver quase pronto, coloque um pouco de sal e o curry para dar um sabor especial;
  • Em seguida é hora de preparar os legumes na manteiga;
  • Na panela coloque um pouco de manteiga, acrescente cerca de 50g de brócolis e 50g de couve-flor;
  • Coloque também cerca de 100g de cenoura e 100g de pimentão vermelho e amarelo;
  • Vá mexendo tudo na panela e deixe refogar por cerca de 10 a 15 minutos;
  • Depois de tudo pronto é só ir montando sua marmita fitness.

Assista o vídeo a seguir que você entenderá passo a passo como fazer todos os ingredientes da marmita, como montar e até como calcular o preço de venda:

2. Entenda o que colocar no cardápio de marmita fit


Agora eu vou te ajudar a montar um cardápio de marmita fitness para vender na prática. Vamos começar pelos alimentos que são fundamentais em todos os pratos do seu cardápio e que não podem faltar:

Proteínas

As proteínas fornecem os nutrientes necessários para a reparação muscular e, além disso, logo produzem uma sensação de saciedade no organismo, dando a sensação de que estamos “cheios” mais rápido.

As proteínas normalmente estão em alimentos comuns do nosso dia a dia, como as carnes, peixes, frango e ovos.

Carboidratos complexos

Para uma marmita ser fitness, a parte dos carboidratos precisa de uma atenção especial. Os carboidratos para esse tipo de refeição são os que possuem baixo índice glicêmico, como a batata doce, o arroz ou macarrão integral, a quinoa ou a mandioca.

Fibras

As fibras também dão a sensação de saciedade por um longo tempo, pois demoram mais de serem ingeridas pelo organismo.

Elas também são ótimas e essenciais para o nosso sistema digestivo, pois baixam o índice glicêmico dos alimentos.

As fibras estão nas saladas verdes em geral, assim como na aveia, nas frutas, nas sementes de linhaça, chia etc. O mais comum é que as fibras venham na refeição em forma de salada.

Legumes cozidos

Os legumes complementam a necessidade nutricional, assim como dão cor e sabor ao prato.

Opte por legumes com menor porcentagem de carboidrato (principalmente se você já estiver usando carboidratos como o arroz ou o macarrão integral), como a abobrinha, o chuchu, o brócolis, a couve-flor, a vagem etc.

3. Defina a quantidade de ingredientes na marmita


Agora vem a parte do equilíbrio: Ou seja, as quantidades que você precisará usar de cada um dos nutrientes necessários para a sua marmita fitness.

Você deverá seguir as seguintes porcentagens:

  • 25% de proteínas;
  • 25% carboidratos complexos;
  • 50% de fibras (legumes e salada);

Lembre-se de que você precisa fazer essa divisão para poder balancear as quantidades de nutrientes requeridas para que os pratos do seu cardápio, no final, sejam de fato pratos fitness: saudáveis, completos e ricos em nutrientes necessários para o nosso corpo no dia a dia.

4. Escolha as embalagens para suas marmitas


Para montar uma marmita fitness para vender você pode comprar uma embalagem com divisória. Porque nela você consegue colocar cada produto separado e fica uma marmitinha muito bonita, chamando ainda mais atenção do cliente.

Geralmente elas possuem uma tampa transparente e que fica bem lacrado, o que vai garantir uma boa conversação da comida e é ideal para congelar.

Caso você for preparar a comida e vender as marmitas no mesmo dia, sem a necessidade de congelar, pode usar as embalagens tradicionais de isopor, por exemplo, ou de alumínio também.

Marmitas fit para vender

5. Defina o preço de venda da marmita fit


Essa é uma das etapas mais importantes e mais difíceis do negócio, porque não basta apenas saber como fazer marmitas fitness para vender. É necessário também calcular tudo certo para chegar ao preço ideal.

Nesse caso, o que a maioria das pessoas fazem é primeiro comprar uma certa quantidade de ingredientes, preparar as marmitas e verificar quanto gastou para preparar aquelas marmitas. Incluindo o valor dos ingredientes e embalagens.

Depois divide esse valor total pela quantidade de marmitas que deu. Assim chega ao preço de custo. Em seguida multiplica esse custo por 3 para chegar ao preço ideal de venda da marmita fitness.

O preço da marmita fitness costuma variar muito de acordo o lugar, o tamanho da marmita e ingredientes. Mas na média fica entre R$ 10 e R$ 17 Reais cada marmitinha fit.

6. Faça a divulgação do negócio de marmitas


Após ter tudo pronto e ter definido um cardápio legal que irá produzir, você já pode começar divulgar para conseguir os primeiros clientes.

Essa divulgação, geralmente, é feita através das redes sociais e usando aplicativos de delivery. Onde é possível atingir uma quantidade grande de pessoas interessadas nas marmitinhas.

De acordo for tendo pedidos, tente fechar com esses clientes para realizar entregas diárias ou semanais. Porque assim você garante uma clientela fixa para seu negócio.

Uma boa estratégia de divulgação é fazer parcerias com influenciadores digitais de sua cidade.

7. Dicas sobre como abrir uma empresa de marmitas fitness lucrativa


Se você deseja investir nesse negócio, deve estar atento a alguns detalhes. Isso porque montar uma marmita fitness é um trabalho que exige um pouco de conhecimento sobre os nutrientes e proteínas presentes em cada alimento.

Confira abaixo algumas dicas importantes para que o seu negócio seja um sucesso:

Invista em receitas saborosas

Em primeiro lugar, não se engane pensando que uma marmita fitness não possa ser tão saborosa quanto uma refeição com alimentos visualmente apetitosos, como carnes gordurosas, bacon e outros alimentos.

Por isso, você deve se certificar de que as receitas serão gostosas. Lembre-se também de sempre pesquisar novas ideias e manter seu cardápio sempre atualizado.

Variedade

O cardápio de marmitas fitness deverá ser variado, especialmente se você pretende comercializar as refeições diariamente. Combine diferentes alimentos e varie o menu em todos os dias da semana.

Outra opção é oferecer sobremesas (frutas, doces de frutas, alimentos sem glúten, entre outros) e sucos naturais.

Alimentos frescos ou congelados

Como a marmita fitness requer o uso de uma grande variedade de folhas e frutas, você deve se preocupar em oferecer esses alimentos sempre frescos e preparados no mesmo dia.

Outra dica que pode ser bastante proveitosa para o seu negócio é o congelamento das refeições já prontas e embaladas. Para isso, procure embalagens específicas e que garantam o sabor e a qualidade dos alimentos.

Alimentos orgânicos e naturais

Você também pode optar por alimentos orgânicos e evitar o uso de itens com agrotóxicos. Ou, se preferir, ofereça as duas opções de refeições, sempre deixando claro que o preço das marmitas com alimentos orgânicos pode ser maior. Experimente ainda oferecer alimentos integrais e a base de soja.

Outra forma de atrair a clientela fitness é apostar no preparo caseiro de molhos e outros temperos, e sempre dar preferência a ervas naturais (manjericão, coentro, salsa, louro, entre outras). Além disso, não exagere nunca na quantidade de sal.

Faça pesquisas de opinião

Pergunte aos seus clientes o que eles gostariam de encontrar no cardápio e quais combinações de alimentos mais os agrada. Dessa forma, você manterá satisfeito o principal agente de seu negócio: o consumidor.

Vender marmitas fitness dá dinheiro?


Sim, vender marmitas fitness dá dinheiro e pode ser algo muito lucrativo. Tanto que algumas pessoas chegam a faturar cerca de R$ 7 mil Reais por mês fazendo as marmitas a partir de casa.

O lucro bruto gira em torno de 50% do valor de faturamento. Então nesse exemplo, daria cerca de R$ 3500 Reais de lucro no mês.

Mas no geral tudo é muito variável, porque vai depender da quantidade de clientes que você conseguir e o valor que irá cobrar. No entanto, vale muito a pena investir nesse pequeno negócio.

Enfim, espero que tenha gostado das dicas sobre como fazer marmitas fitness para vender. Aproveite e confira também o artigo com ideias de nomes para marmitaria, afinal seu negócio vai precisar de um nome chamativo.

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
José Neto
Técnico em comércio pelo CEEP-BA, experiência em gestão de cursos na área de informática e empresário desde 2011. Sempre foi um apaixonado por pequenos negócios e tudo que envolve o mundo do empreendedorismo.

Deixe o primeiro comentário