Como é feita a calabresa? Entenda todo o processo de produção

Publicado por Jéssica Trabuco em 30 de novembro de 2023

A calabresa é feita através de algumas etapas industriais simples: Ela é selecionada, limpa, moída, temperada, embutida, curada e embalada.

Por conta do processo de fabricação ser quase artesanal, não é difícil encontrar pessoas iniciando empreendimentos do tipo, até mesmo dentro de casa. Com receitas diferentes, comercializam os seus produtos e têm bons resultados.

Como é feita a calabresa: Entenda os 7 passos da fabricação


Como é feita a calabresa

Eu trouxe abaixo o processo padrão de fabricação de calabresa, que é iniciado na seleção e finalizado na embalagem. Com ele você faz o alimento tradicional que a gente conhece.

Podem existir variações? Claro que sim! Algumas pessoas inovam na produção e isso vai de cada um. Uma das grandes diferenças na verdade não está nem nas etapas do processo, mas sim nos ingredientes e receitas existentes por aí.

Preparado? Então vamos lá entender como ela é feita:

1. Seleção da carne

Na realidade, a primeira etapa vem antes da seleção, ela acontece na compra da carne. A calabresa tradicional é feita com carne de porco, então a primeira preocupação da empresa é encontrar um fornecedor de confiança, que ofereça carne de qualidade e que trabalhe dentro de todas as leis existentes na área.

Fechado o acordo com o fornecedor, você terá os dias de recebimento do produto e ele deverá ser selecionado. Para ter uma calabresa saborosa e de qualidade é preciso ter muito cuidado e atenção nesse processo. Só passa o que existir de melhor.

2. Limpeza da carne para produção da calabresa

Com as carnes selecionadas, é preciso fazer a limpeza e garantir que ela não está com nenhuma sujeira ou contaminada. Essa também é uma etapa que exige atenção e cuidado dos envolvidos.

3. A carne é moída

Depois de limpa, a carne precisa passar pelo moedor. Você vai precisar de um equipamento potente para aguentar a sua demanda de produção. Dependendo da sua estrutura dá para passar a carne diretamente, em outras situações é preciso cortá-la em tiras primeiro.

4. Tempero

O segredo de uma boa calabresa é o seu tempero! Como estamos falando da tradicional, a receita não tem nada demais. Ela é basicamente composta de sal, carne e gordura suína, alho, pimenta e especiarias e/ou ervas tradicionais.

5. Hora de embutir

Depois de bem temperada e misturada, essa massa será acondicionada em tripas. Esse é o processo onde elas são embutidas. Para fazer isso, é preciso ter um equipamento específico para embutidos. Com ele o processo acontecerá de uma forma muito mais eficiente, prática e higiênica.

6. Cura

Algumas calabresas já saem embutidas direto para a venda, só que outras vão para o processo de curagem, onde ficam em uma estufa em alta temperatura por dois dias ou mais, dependendo do processo de cada um. É uma espécie de secagem, que dá um sabor ainda mais especial para o alimento.

7. Embalagem

Por último, mas não menos importante, as calabresas são embaladas. Normalmente essa embalagem é feita à vácuo, para preservar a qualidade do produto.

Vai produzir calabresa? Seja criativo nos sabores!


de onde vem a calabresa

Conhecendo esse processo de produção de calabresa você já tem capacidade de começar a montar uma estrutura e trabalhar com isso, se for sua vontade.

Se o seu objetivo for ganhar espaço no mercado e conquistar as pessoas, pense além do comum, sabe? Que tal, ao invés de só produzir linguiça calabresa tradicional, você apostar em misturas diferentes de ingredientes e sabores?

Eu, por exemplo, gosto muito de petiscar calabresa e sempre compro algumas diferentes, com mais alho, com queijo… Tenho certeza que clientela para isso não vai faltar.

Olha algumas opções de sabores que você pode tentar fazer:

  • Com queijo coalho;
  • Ervas finas;
  • Apimentada;
  • Chimichurri. 

Esteja atento à fiscalização!


Quem quer começar um negócio nesse segmento, precisa ter muita atenção com a parte legal e com os órgãos fiscalizadores. O Ministério da Agricultura é o responsável pelas normas de higiene e segurança para esse tipo de atividade, então fique ligado, ok?

Procure a Prefeitura da sua cidade e veja tudo que é necessário para começar a atuar nisso da forma correta.

Por mais chato que possa parecer, seguir por esse caminho não é só seguir a lei, mas garantir a segurança dos seus clientes e também dos seus colaboradores.

Curiosidade: Você sabe de onde vem a calabresa?


Eu preciso confessar que ao fazer a pesquisa para esse texto eu fiquei impressionada ao saber de onde vem a calabresa. Ela é nossa! Tem origem aqui no nosso país e talvez seja por isso que é tão saborosa.

Ela foi inventada por imigrantes italianos que tinham que se virar com os ingredientes que encontravam por aqui. Foi nessa tentativa de reproduzir alguns dos próprios alimentos, que a receita da calabresa nasceu no bairro do Bixiga, em São Paulo. Foi inspirada na Salsiccia di Calabria.

Hoje faz parte do nosso dia a dia e é ingrediente carimbado principalmente nas nossas pizzas. Você conhecia essa história? Eu fiquei surpresa positivamente com ela.

Leia também: Como fazer salame para vender

Agora você já sabe como é!


Bom, espero que meu texto tenha te esclarecido como é feita a calabresa e até te dado um empurrãozinho caso tenha vontade de investir nesse tipo de empreendimento.

Agradeço muito a sua companhia por hoje e te desejo todo sucesso do mundo.

Um abraço e até a próxima!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Jéssica Trabuco
Sou baiana de Salvador, formada em Jornalismo e fundadora do Negócio de Cozinha. Trabalhei com vendas por mais de cinco anos e estudar e falar de negócios faz parte do meu dia a dia! Sou apaixonada em ajudar o outro a mudar o seu mundo e faço o que estiver ao meu alcance para conseguir!

Deixe o primeiro comentário