Como congelar panquecas para vender

Para congelar panquecas para vender você precisa preparar a massa, definir como quer vender (crua, pronta ou recheada), escolher a embalagem certa e levar ao congelador.

Abaixo eu vou te apresentar cada uma dessas etapas com detalhes para você não perder nenhuma informação e seguir o processo corretamente. Confira:

Prepare a massa da sua panqueca


como congelar panquecas para vender

Para trabalhar com panquecas é preciso saber fazer uma massa bem fininha e saborosa. Abaixo trago a receita original da massa, mas você pode usar a criatividade e fazer do jeitinho que quiser.

Ingredientes

  • 2 xícaras de farinha de trigo;
  • 2 xícaras de leite líquido;
  • 3 ovos inteiros;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo

  • Em um liquidificador adicione todos os ingredientes;
  • Bata tudo até ficar homogêneo;
  • Desligue e com auxílio de uma colher retire a farinha de trigo que grudou no copo do liquidificador;
  • Bata novamente e reserve.

Defina que tipo de produto irá vender


Existem basicamente três tipos de panquecas para vender congeladas que você pode fazer: 

Massa crua

A massa crua é aquela mistura do liquidificador que deve ser transferida para um recipiente apropriado e seguir para o congelamento imediato. Depois desse processo, ela é vendida para o consumidor final. 

Esse tipo de produto é mais indicado para os clientes que gostam de criar e de cozinhar, mas não têm tanto tempo disponível. Portanto, além da massa crua você pode vender os recheios separadamente, para que o cliente monte o produto com o sabor e formato que quiser.

Massa pronta

A massa de panqueca pronta é aquela que passa pelo processo de fritura e só depois é congelada para ser vendida. 

Para fritar a massa você pode colocar óleo de cozinha, azeite ou despejar o conteúdo diretamente em uma frigideira antiaderente. A ideia é que a massa fique bem saborosa e fininha.

Essa massa é mais indicada para clientes que têm tempo para cozinhar, mas gostam de praticidade e preferem um recheio feito em casa, sabe? 

Massa recheada

Essa categoria traz as panquecas prontinhas para o consumo. Como essa proposta permite a criação de formatos e recheios de panquecas bem variados, é preciso ter um cuidado redobrado para entender quais as receitas que podem ser congeladas, para não acabar colocando ingredientes errados, gastando grana a toa e manchando sua reputação na praça. 

Esse tipo de proposta é mais indicado para quem não tem tempo e que a comida pronta para esquentar.

Defina a embalagem que vai usar para congelar panquecas para vender


Existem várias embalagens e a sua escolha vai depender do tipo de massa que você optar por vender. Abaixo trago as duas opções mais utilizadas, veja:

Potes ou caixas

Os potes podem ser de vidro ou de plástico resistente para manter o produto bem vedado.

É importante que você se atente ao formato do seu recipiente que deve ser mais largo ou mais alto, a depender da proposta de produto.

As caixas de isopor e papelão não são muito indicadas por absorverem muita umidade e terem alta porosidade.

Sacos plásticos

Essa embalagem é bem econômica, mas não conserva a integridade do seu produto e nem proporciona uma vedação adequada – principalmente se você optar por comercializar a massa recheada.

Saiba como congelar panquecas para vender


congelar a panqueca

Não importa se você vai fazer uma panqueca doce ou uma panqueca fit para congelar, é importante saber de que forma armazenar o seu produto para entregar o melhor ao seu cliente. 

Abaixo trago uma explicação rápida de como congelar cada tipo de produto:

Creme

A panqueca em forma de creme é a massa crua que pode ser colocada em um pote mais alto ou em saco plástico – que deve ser armazenado logo após ser batido no liquidificador. 

Discos

O armazenamento de discos traz a proposta da massa pronta que pode ser colocada em potes plásticos mais largos ou em sacos plásticos – desde que tenham papel filme ou papel manteiga entre cada disco, para evitar que congelem juntos e grudem. 

Enrolada

Os rolinhos ou panquecas enroladas, são as comercializadas já com o recheio e podem ser armazenadas em potes ou em sacos plásticos – que precisam ser mantidos no topo do congelador, para evitar que algum peso fique sobre eles e faça com que as panquecas amassem ou se partam. 

Por quanto tempo posso manter a panqueca congelada?


A validade de uma panqueca congelada vai depender da forma que ela é comercializada. A massa crua costuma ter uma meia vida mais curta que a massa pronta, mas no geral, o intervalo médio de conservação fica entre dois e três meses, desde que não seja descongelada muitas vezes nesse período.

Vale lembrar que alguns ingredientes podem encurtar ainda mais esse período de armazenamento. Então, fique ligado!

Faça etiquetas instrutivas para os clientes


Todo produto, principalmente alimentício, precisa ter uma etiqueta com informações importantes como: Tipo de produto, a data de fabricação e a validade.

Você pode ir além dessas obrigatoriedades e trazer uma etiqueta mais informativa apresentando a temperatura ideal de armazenamento do produto, os ingredientes utilizados na composição do recheio e a forma de preparo para consumo.

O descongelamento de todas as massas pode ocorrer em temperatura ambiente, mas para agilizar o processo você pode indicar que o cliente coloque no micro-ondas por aproximadamente seis minutos.

Para a massa recheada ainda há a possibilidade de levar ao  forno em temperatura baixa (aproximadamente 150ºC) por 30 minutos, em recipiente apropriado coberto com papel laminado.

Cuidados na hora de congelar a panqueca


Antes de congelar a panqueca recheada é super importante se atentar a dois aspectos:

Molho

Por mais que o seu recheio seja sequinho, não é aconselhado acrescentar molho nele, porque a massa acaba absorvendo esse molho no processo de congelamento e na hora de servir o seu produto fica grudento e ruim. 

O indicado é reservar um pote adicional de molho para ser utilizado em cima da panqueca ou para acrescentar no interior dela na hora de esquentar.

Tipo de recheio

Na hora de escolher o sabor dos seus produtos é interessante que se atente à conservação de alguns alimentos.

Por exemplo, folhas que são consumidas cruas perdem o sabor e a consistência quando são congeladas, molhos que levam farinha de trigo ou amido de milho quando são congelados se separam e por mais que sejam misturados após descongelamento, dificilmente retornam à consistência original.

Então, faça alguns testes antes de vender para não proporcionar experiências desagradáveis aos seus clientes.

Conteúdo Recomendado:

Defina quais produtos irá comercializar e comece seus testes


Agora que já sabe como congelar panquecas para vender basta definir o seu leque de produtos e começar a fazer testes de congelamento para entregar o melhor produto possível aos seus clientes.

Espero que o artigo tenha te ajudado e que você consiga distribuir sabor e praticidade por aí.

Obrigada pela companhia até aqui!

Forte abraço!

Descubra quais são os Melhores Negócios para abrir com até R$ 500 Reais! Clique no botão abaixo e tenha acesso gratuito à Lista de Negócios mais Baratos para montar atualmente!
Jéssica Trabuco
Sou baiana de Salvador, formada em Jornalismo e fundadora do Negócio de Cozinha. Trabalhei com vendas por mais de cinco anos e estudar e falar de negócios faz parte do meu dia a dia! Sou apaixonada em ajudar o outro a mudar o seu mundo e faço o que estiver ao meu alcance para conseguir!

2 comentários

Deixe o seu comentário