Loja de tintas: Como montar?

Com o crescimento constante das construções em todos os cantos do Brasil, sempre terá a necessidade de comprar tintas para casas e outros acessórios a mais relacionados a essa área. Portanto, esse é um mercado amplo e que dificilmente irá parar, ideal assim para os novos empreendedores que buscam informações sobre como montar uma loja de tintas.

Naturalmente em uma loja de tintas é possível trabalhar com a vendagem não só de tintas para casas, mas também diversos outros tipos de tintas e até mesmo acessórios que serão usados no processo de pintura. Então é um tipo de loja muito interessante para se trabalhar atualmente e aqui irei lhe mostrar algumas dicas para começar o quanto antes a sua nova loja.

A estrutura para montar uma loja de tintas

O fator localização não será algo tão importante para uma loja de tintas, quanto é para uma loja de roupas, por exemplo, mas o indicado é que você foque em locais próximos a outras empresas semelhantes como madeireiras, lojas de materiais de construção ou em ruas da cidade que dão uma boa visão para sua loja. Além disso, por se tratar de um tipo de estabelecimento que envolverá a estocagem de vários produtos, certamente irá precisar de um espaço amplo para trabalhar e ele precisará ser dividido em 4 partes: Estoque, escritório, balcão de vendas e área de exposição dos produtos.

O seu investimento em equipamentos de trabalho será indispensável, visto que irá necessitar de gondolas para colocar produtos expostos na loja, prateleiras para pequenos acessórios e a compra de todos os seus produtos diretamente de um bom fornecedor que serão vendidos aos clientes. Então falando em dinheiro, certamente o seu investimento inicial ficará entre R$ 60 e R$ 90 mil Reais para iniciar uma loja especifica de tintas.

Leia também: Como montar uma empresa de pintura

como montar uma loja de tintas

Contratação de funcionários para uma loja de tintas

A contratação de colaboradores será algo que você deverá fazer desde a abertura da loja, porque sozinho é impossível dar conta de tudo. Portanto, provavelmente você necessitará de pelo menos 3 vendedores, 1 pessoa para cuidar do caixa, 1 funcionário para cuidar da limpeza, 2 entregadores e uma pessoa para cuidar do escritório da empresa, que nesse caso será você. Essa é a estrutura de funcionários necessários para uma loja de tintas pequena ou média, mas se o negócio começar crescer muito na região, certamente precisará de novos funcionários ativos para dar conta de tudo.

O processo de escolha e montagem da sua equipe de trabalho será muito importante para que sua loja de tintas dê certo, então procure pessoas que já tenham pelo menos um conhecimento básico desse ramo para fazer parte da sua gama de funcionários. Além disso, o indicado antes de abrir as portas é oferecer pelo menos um breve treinamento, que deverá envolver os tipos de tintas, as indicações de cada uma, como tudo funcionará dentro da empresa e muito mais. Tudo isso é importante para começar com o pé direito na sua nova loja de tintas.

Como conseguir clientes para uma loja de tintas

A procura por tintas e acessórios desse tipo é muito grande atualmente, por conta da grande quantidade de construções e reformas de ambientes, porém de nada vai adiantar abrir uma loja de tintas na sua cidade e ninguém ficar sabendo. Então desde o inicio é preciso aplicar algumas estratégias para chegar ao seu publico alvo e ganhar credibilidade no mercado.

O recomendado é que você crie um campanha publicitária quando estiver prestes a inaugurar a loja, convidando assim as pessoas para conhecer os produtos e fazendo uma promoção inaugural. Isso pode funcionar muito bem, pois desde abertura você já poderá ganhar os primeiros clientes, mas lembre-se sempre que é preciso se esforçar muito, porque não adianta ter um cliente hoje e nunca mais ele voltar na sua loja, é preciso fidelizar. A partir daí, vale a pena firmar parcerias com construtoras, pessoas que trabalham na reforma de ambientes e pedreiros em geral, porque eles poderão indicar clientes para você ou mesmo comprar tintas na sua loja. Se possível, ofereça até mesmo um preço mais baixo para eles, de modo que se comprem em grandes quantidades.

loja de tintas

Vale a pena montar uma loja de tintas?

O certo é que esse tipo de empreendimento é comum, como qualquer outro, mas ele requer um planejamento muito amplo antes de partir para a montagem. Digo isso, porque a concorrência em algumas localidades será um pouco alta, não só com outras lojas de tintas, mas também com lojas de materiais para construção que costumam vender os mesmos produtos, então pesquise e verifique a quantidade de concorrentes que terá, se existe uma grande procura na região e se tudo isso valerá a pena na sua cidade.

Falando de um modo geral, podemos ver que se trata de um negócio interessante e lucrativo, já que além de tintas para parede é possível vender tintas para piso, tintas para ferro e muitos acessórios envolvendo a pintura. No entanto, é sempre bom começar com o máximo de cautela antes de tentar transformar sua loja de tintas em um grande empreendimento. Espero que as dicas tenham lhe ajudado de alguma forma e até breve!

José Neto

Sou um técnico em comércio, apaixonado por pequenos negócios e criei minha primeira empresa digital em 2012. Apesar de ter apenas 22 anos, criei esse site para passar o máximo possível de informações para novos empreendedores, pois acredito que tenho muito a contribuir com o empreendedorismo no Brasil!

Comentários

  1. luciano diz

    Olá a todos.
    Vejo pelos comentários que a grande maioria das pessoas que queremo montar um negócio não tem capital ou não tem experiência administrativa.
    Se você não tem pelo menos R$ 200 mil para invetir, e falo de capital próprio e não financiamento, então nem tente. Terá dificuldade em aprovação cadastral, empacará no capital de giro, não suportará a inadimplência que certamente vai acontecer e não terá dinheiro para comprar preços de ocasião.
    Trabalhar com tintas (e me refiro a linha imobiliária, não tenho experiência na linha automotiva) tem como grande vantagem a questão de você ter o produto a pronta entrega que o cliente quer. Você terá que ter uma máquina tintométrica (que custa uma pequena fortuna) mas com uma média de 12 corantes e 3 bases você faz mais de duas mil cores na hora para o cliente.
    Compare com uma loja de pisos e azulejos. Você compra um cor, o cliente quer outra, compra um tamanho, o cliente quer outro. Fazer estoque de pisos é uma m… Um ano vende muito um produto, outro ano ninguém mais quer e fica empatado no estoque. Vai trabalhar sob encomenda? Só público classe A que vem na loja com arquiteto topa esperar pelo produto. Os demais públicos querem pronta entrega.
    Pisos as pessoas não se importam de ir comprar até em outras cidades e até outros estados por algum tio de recompensa. Já tinta entra meio que num segmento de ferragem, onde se entende que é mais prático comprar perto de casa.
    Tintas baratas e de empresas mais acessíveis para se comprar geram mais reclamações e assistências técnicas. Mas pequenas lojas, ainda mais començando, tem dificuldade em acessar grandes indústrias líderes. Prepare-se para muitas reclamações por problemas de aplicação. Lembre-se que não é só entregar o produto pro cliente, receber o dinheiro, tchau e benção. Alguém vai ter que pintar com esse produto. Vai colocar muita ou pouca água, vai usar diluentes errados, vai pintar em cima de superficies sujas, vai pintar em um dia com umidade relativa do ar não apropriada para se fazer uma pintura, e isso vai gerar algum problemas que fará o cliente voltar a loja nervoso dizendo que a tinta não presta. É comum a cor na parede não ficar igual a cor vista na loja. Manchamentos, escorrimentos, tinta que não seca, que não tem cobertura, que descasca em pouco tempo…e aí você fica mais tempo na rua resolvendo problemas e apagando incêndio do que efetivamente vendendo. Uma moto e uma caminhonete tem que ser previstos no pacote de investimentos. Se o pintor está em cima da escada e falta tinta, a reação normal é ele pegar o celular e te ligar (a cobrar, porque eles nunca tem créditos) e pedir pra você entregar logo mais uma lata. Se você não entregar da próxima vez o pintor vai preferir recomendar uma loja que entregue.
    Não são tudo flores, e sonhos viram pesadelos. Planejamento é uma coisa que não faz parte da nossa cultura. Procure o Sebrae ou outra entidade que possa lhe ajudar.

  2. André diz

    Boa noite!
    Pretendo abrir uma loja de tintas na minha cidade Joao Pinheiro MG. Mesmo sabendo q ha muitas lojas de material construção e lojas de manipulação. As franquias de tintas de marcas sera que e muito difícil? Ha muitos cursos para os pintores?

  3. ANTONIO MARCIO CARVALHO NOBRE diz

    GOSTARIA DE ABRIR UMA LOJA DE TINTA AUTOMOTIVA E TINTA PARA RESIDÊNCIA E MATERIAS COMO, LIXA PISTOLA E.T.C. O QUE VOU PRECISAR, QUERO SABER DE TUDO,TODA ESTRUTURA QUE VOU PRECISAR E O NUMERO MÍNIMO DE FUNCIONÁRIOS PARA INICIAR EQUIPAMENTOS, MATERIAL, VEICULO PARA TRANSPORTE E ENTREGA SE FOR NECESSÁRIO, JÁ TENHO O PONTO BEM LOCALIZADO NO CENTRO, UM NEGOCIO DE PEQUENO PORTE PARA COMEÇO,E SE PRECISO ABRIR UMA FRANQUIA OU QUAL MELHOR NEGOCIO PRA VENDER TODAS AS MARCAS OU UMA FRANQUIA E SE FOR POSSÍVEL QUAL A MELHOR FRANQUIA.

  4. odair diz

    ola…trabalho como vendedor lojista e colorista…tenho vontade de abrir uma franquia ou algo do genero…gostaria de receber informaçoes a respeito de alguem que trabalhe no ramo e que tenha o mesmo pensamento que eu…aguardo resposta…valeuuu

    • diz

      Olá Odair
      É muito boa a sua ideia, porém no momento eu não conheço ninguém que queira investir em um negócio através de parcerias. No entanto muitas pessoas que chegam até aqui podem se interessar e deixar um comentário manifestando sua vontade.

      Abraços e obrigado pelo comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>