Como vender porta a porta

Vender porta a porta é algo tradicional, que acontece naturalmente em quase todas as cidades e para falar a verdade, o número de vendedores só tem aumentado atualmente. Por isso mesmo as pessoas buscam as famosas técnicas de vendas porta a porta.

Se você quer se dar bem em qualquer tipo de comércio, independentemente se é vendendo porta porta ou em um negócio fixo, é preciso ter certas técnicas na mente para favorecer o seu sucesso.

Hoje eu irei falar sobre as principais técnicas que você deve adotar a partir de hoje e como vender porta a porta.

1 – Tenha um bom papo mas seja sincero

Enquanto em uma empresa normal os clientes vem até você atraídos por um anuncio ou uma oferta, no caso das vendas porta a porta você que deve ir ao encontro dos clientes e a boa comunicação é fundamental para que esse encontro seja favorável a você.

Para ser um bom vendedor, você não precisa ser um ditador ou saber falar as mais belas línguas, o que você precisa é de argumentos convincentes na ponta da língua para encantar seu novo cliente.

Como vender porta a porta

Fale sem medo, diga as vantagens e desvantagens do produto, diga porque ele será bom para o cliente e procure manter um papo amigável e não uma pressão para que o cliente compre o produto.

Além desse bom papo, você deve ser sincero com relação ao produto ou serviço que está oferecendo pois esse é um meio que passa segurança para o cliente na hora da compra.

2 – Crie verdadeiros amigos

Aqui mesmo na minha casa, praticamente todo mês passa um rapaz que vende vários utensílios para o lar oferecendo seus produtos e ele consegue um bom resultado nessa região, porque ele acabou criando grandes amigos por aqui.

Quando você começa vender porta a porta, a sua relação com o cliente deve ser dobrada pois a necessidade de vender é sua e além de tudo isso você está “invadindo” a área dele e antecipando as suas possíveis necessidades.

Manter um bom grau de amizade com os clientes já é uma das melhores formas para manter clientes na empresa mas é também uma importante forma para vender produtos porta a porta com mais facilidade.

A partir do momento em que você forma um grupo de amigos/clientes, o seu trabalho em vender para aquelas pessoas é quase nenhum. Isso significa que você acabou de encantar o cliente a sua frente.

3 – Dê prazo de pagamento

Eu sei muito bem como é difícil oferecer formas de pagamento para as pessoas que começam vender porta a porta mas a verdade é que ninguém tem dinheiro em mãos o tempo todo e o cliente quer ser privilegiado pelo pagamento parcelado.

Para facilitar a negociação com o cliente, você pode dividir em parcelas através da nota promissora ou quem sabe você não resolva se transformar em um empreendedor individual e oferecer outras maneiras de pagamento?

Tudo isso é possível e cabe a você encontrar o melhor meio para seu negócio.

José Neto

Sou um técnico em comércio, apaixonado por pequenos negócios e criei minha primeira empresa digital em 2012. Apesar de ter apenas 21 anos, criei esse site para passar o máximo possível de informações para novos empreendedores, pois acredito que tenho muito a contribuir com o empreendedorismo no Brasil!

Comentários

  1. diz

    Artigo bacana.

    Essa questão de amizade é realmente importante, eu por exemplo, só atenderia um vendedor de porta caso o conhece-se a algum tempo.

    Nunca comprei nada de ninguém que batesse em minha casa oferecendo alguma coisa. Mas se é alguém que conheço, eu mesmo o convido para uma visita.

    Abraços e sucesso

    • diz

      Concordo com você meu caro.
      Quando se cria um laço de amizade entre vendedor e cliente, tudo tende a funcionar de forma mais simples e isso é bom para o vendedor e bom também para o cliente pois ele tem segurança em comprar com aquela pessoa.

      Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>