Como montar um negócio de quentinhas

O ramo de alimentação é um dos mais fortes que existem no mercado e a cada dia crescem o número de pessoas querendo trabalhar com lanches na rua, montar um restaurante ou mesmo montar um negócio de quentinhas.

O certo é que o brasileiro está em busca de rapidez e praticidade no dia a dia, então quanto mais você se esforçar para atingir essas exigências em seu negócio, melhores serão os resultados obtidos.

Nesse artigo de hoje nós vamos mostrar 4 dicas de como começar trabalhar com quentinhas e montar seu próprio negócio.

1 – Faça um bom curso de culinária

Não tem como montar um negócio de quentinhas se você não sabe cozinhar bem ou não tem os profissionais certos para isso, então nada mais justo que fazer um bom curso de culinária antes de abrir a sua empresa.

Isso é algo muito importante, até porque mesmo se você não for colocar a mão na massa é sempre bom conhecer os alimentos que estão sendo preparados no seu estabelecimento comercial.

Existem bons cursos de culinárias oferecidos por algumas empresas em todo o Brasil, inclusive o Senac sempre está atuando na capacitação de pessoas nessa área, então fique atento e busque se qualificar.

Veja também: Curso de receitas culinárias

montar um negócio de quentinhas

2 – Local para montar um negócio de quentinhas

Outro ponto muito importante no momento de montar um negócio de quentinhas é, justamente, encontrar o melhor local possível para se fixar.

Talvez essa seja uma tarefa que leve alguns dias ou até mesmo meses, pois encontrar um local ideal pode demorar um pouquinho.

Algumas pessoas preferem montar seu negócio de quentinhas em casa mesmo, porém é preciso avaliar algumas pequenas coisas, como o tamanho do espaço, a localização e o fluxo de pessoas no local.

3 – Legalize seu negócio

Esse é um dos passos mais importantes no momento em que for montar um negócio de quentinhas e a grande verdade é que oquentinhas número de pessoas que estão saindo da ilegalidade está aumentando a cada dia.

Então procure legalizar seu negócio para não ter nenhuma complicação no futuro. Nós até já mostramos aqui como registrar uma empresa comercial, porém para a alegria de muitas pessoas existe a categoria chamada microempreendedor individual que pode ser encaixar perfeitamente ao seu perfil de negócio.

Para se tornar um MEI (microempreendedor individual) você pode fazer todo o processo através da internet, pelo site do Portal do Empreendedor com grande facilidade.

4 – Busque os primeiros clientes

Se você não é uma pessoa muito conhecida na sua cidade ou mesmo no seu bairro, talvez possa enfrentar algumas dificuldades até encontrar um bom número de clientes assíduos.

Geralmente isso leva certo tempo, porém com um bom trabalho de divulgação é possível adiantar esse processo. Uma boa ideia é usar os jornais e rádios locais para divulgar seu pequeno negócio com o intuito de atrair os primeiros clientes.

O mais importante que atrair os clientes é fidelizar o máximo que puder. É preciso oferecer qualidade nos seus produtos e serviços para que aquele cliente volte novamente e se torne um cliente fiel. Então foque nisso e mãos a obra no projeto para montar um negócio de quentinhas.

José Neto

Sou um técnico em comércio, apaixonado por pequenos negócios e criei minha primeira empresa digital em 2012. Apesar de ter apenas 22 anos, criei esse site para passar o máximo possível de informações para novos empreendedores, pois acredito que tenho muito a contribuir com o empreendedorismo no Brasil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>